Ergonomia do produto

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 25 (6238 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUÇÃO


A maior parte das empresas se preocupa, primordialmente, com aspectos técnicos e financeiros ao lançar ou modificar um determinado produto. Com isso, acontecem situações em que o produto não atende à expectativa do cliente. Em grande parte dos casos, isso se deve à falta de praticidade e conforto quando da utilização do produto em questão.
Por esses e outros motivos,a presença de conceitos ergonômicos durante o processo de desenvolvimento de produtos é essencial.
A ergonomia busca adaptar os produtos aos usuários ou consumidores, baseando-se nas características físicas e psicológicas do público alvo.
A usabilidade dos produtos sempre foi importante, mas agora se tornou crítica em muitas áreas de produto. Para o design de produtos de altaqualidade, deve-se colocar maior ênfase na adequação das características do produto aos requisitos e às capacidades físicas, perceptuais e cognitivas dos consumidores e usuários e no atendimento às demandas em relação ao traba1ho e às tarefas que os usuários pretendem realizar.
Mais atenção, portanto, deve-se dar à integração da ergonomia ao projeto de produto. A ergonomia traz para o processo deprojeto um enfoque mais sistemático para a análise, a especificação e avaliação dos requisitos de usabilidade. A ergonomia traz técnicas e conhecimentos que aumentam a habilidade do designer para projetar interfaces com usuário bem sucedidas.
A maioria dos produtos, principalmente os mais complexos, possui atributos que são críticos para a sua utilização, com sucesso, pelos usuários. Estesatributos devem ser sistematicamente identificados, medidos em termos de requisitos de desempenho humano e, sempre que possível, os resultados destes estudos devem ser incorporados ao projeto de produtos. A ergonomia tem a capacidade de fazer isto. Dito de maneira mais simples, a ergonomia ajuda a reduzir as suposições e aumenta o nível de confiabilidade das decisões de projeto no que se refere àconsideração de importantes fatores dos usuários.
Quando se trata da concepção de produtos para o ser humano, o requisito mais importante, sobre o qual não se deve fazer concessões, é o da segurança do usuário, pois não há nada que pague os sofrimentos, as mutilações e o sacrifício causados ao ser humano. Por isso é de fundamental importância no ato projetual considerar-se, em primeirolugar, os fatores humanos, e para tal é necessário um profundo conhecimento das características físicas e psicológicas do ser humano.
1. ERGONOMIA DO PRODUTO



De acordo com a ergonomia, os produtos são considerados como meios para que o homem possa executar determinadas funções. Esses produtos, então, passam a fazer parte de sistemas homem-máquina-ambiente. O objetivo da ergonomia éestudar esses sistemas, para que as máquinas e ambientes possam funcionar harmoniosamente com o homem, de modo que o desempenho dos mesmos seja adequado.
Para o design de produtos de alta qualidade, deve-se enfatizar a adequação das características do produto aos requisitos e às capacidades físicas, perceptuais e cognitivas dos consumidores e usuários, levando-se em conta o atendimento àsdemandas em relação ao traba1ho e às tarefas que os usuários pretendem realizar.
A ergonomia se torna parte integrante do projeto e da projetação, sempre que existir um envolvimento entre o usuário e o produto.
É possível considerar que a maioria dos produtos, principalmente os mais complexos, possui atributos que são críticos para a sua utilização, com sucesso, pelos usuários. E estesatributos críticos, devem ser identificados, medidos em termos de requisitos de desempenho humano e, sempre que possível, os resultados destes estudos devem ser incorporados ao projeto de novos produtos.
A ergonomia ajuda a reduzir as suposições e aumenta o nível de confiabilidade das decisões de projeto no que se refere à consideração de importantes fatores dos usuários.
Quando...
tracking img