Equilibrio quimico

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1266 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
| Escola ES/3 Diogo de MacedoOlival – V.N. de Gaia | |
Disciplina: Física e Química A | Ficha de Trabalho 04 (Química)Assunto: Equilíbrio Químico /Aspetos energéticos | 11º ano Abril 2013 |
GRUPO I
O iodeto de hidrogénio é produzido industrialmente por reação entre o iodo e o hidrogénio em condições de operação adequadas. A equação que traduz a reação é:

1. Considere a reação desíntese do iodeto de hidrogénio à temperatura de 700 K e para a qual Kc=54. Determine, à mesma temperatura, o valor da constante de equilíbrio para:
1.1. a reação de decomposição do iodeto de hidrogénio;
1.2 a reação 2H2 (g) + 2 I2 (g) ⇌ 4 HI (g)

2. Num reator de 10,0 dm3de volume, introduziram-se·20,57 mol de hidrogénio e 5,22 mol de iodo à temperatura de 450 ˚C. Após ter-seestabelecido o equilíbrio, a temperatura constante, verificou-se que no reator existiam 10,22 mol de iodeto de hidrogénio. Calcule o valor da constante Kc deste equilíbrio à temperatura, considerada, apresentando todas as etapas de resolução.

3. À temperatura de 430°C, fez-se reagir 0,500 mol de H2(g) e 0,500 mol de I2 (g), num recipiente fechado, de capacidade igual a 1,00 L. A reação químicaprogrediu, tendo-se estabelecido, num dado instante, uma situação de equilíbrio. Este equilíbrio foi depois perturbado pela adição de HI(g).
Simulando esta situação experimental, obteve-se o gráfico apresentado na figura, que representa a evolução das concentrações dos reagentes e do produto da reação, ao longo do tempo, à mesma temperatura.

3.1. Tendo em conta a informação fornecida pelográfico, selecione a alternativa que completa corretamente a frase seguinte.
Os instantes que correspondem ao estabelecimento do equilíbrio inicial, à igualdade das concentrações de reagentes e de produto, e à adição de HI(g), são, respetivamente,

(A) … t1, t3 e t5 (B) …t3, t1 e t6 (C) …t3, t1 e t5 (D) … t2, t4 e t6

3.2 Escreva a expressão que traduz a constante deequilíbrio, Kc, da reação em causa.
Utilizando a informação contida no gráfico, calcule o valor dessa constante, à temperatura referida. Apresente todas as etapas de resolução.

Grupo II
Num recipiente de 1,00 drn3 de capacidade, introduziram-se 2,60 mol de N2(g) e 0,500 mol de H2(g). Aqueceu-se a mistura gasosa a 400ºC, tendo-se estabelecido o equilíbrio químico:

Sabendo que 3,85 % do N2 seconsome até atingir o equilíbrio, determine:
1. As concentrações de todas as espécies no equilíbrio. Apresente todas as etapas de resolução.
2. O valor da constante, Kc a 400°C.

GRUPO III
Considere a seguinte equação que traduz a síntese do BrCI:

1. Num reator de volume V, misturaram-se 2,0 mol de bromo e 4,0 mol de cloro. Quando o sistema atingiu o equilíbrio, a uma determinadatemperatura, a massa de bromo que existia no reator era 82,36 g. Calcule o valor de Kc nas condições da experiência.
2. Em condições PTN ...
(A) uma mistura de 0,25 mol de Br2 (g) e 0,15 mol de Cl2 (g) ocupa 22.4 drn3.
(B) 1,0 mol de Br2 (g) ocupa um volume menor do que 1,0 mol de Cl2 (g).
(C) densidade de um gás é tanto maior quanto menor for a sua massa molar.
(D) massas iguaisde Br2 (g) e de CI2 (g) ocupam o mesmo volume.
Selecione a opção correta.
Grupo IV

Introduziram-se, num reator fechado e de capacidade 500 ml, 0,150 mol de PCl5. Aqueceu-se à temperatura de 250 ºC e, a essa temperatura, o pentacloreto de fósforo decompôs-se segundo equação química:

1. Determine a composição química do sistema no equilíbrio
Selecione a alternativa que cornpletacorretamente a seguinte frase.
"Na molécula PCI3 ____________pares de eletrões de valência não ligantes, apresentando a molécula um total de ______________pares de eletrões de valência ligantes.

(A) existem ... três (B) existem ... quatro (C) não existem ... três (D) não existem ... quatro

Grupo V
Uma das reações que está na origem das chuvas ácidas é a reação do...
tracking img