Equilibrio quimico

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1011 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
TRABALHO DE FISICO QUÍMICA
PROPRIEDADES COLIGATIVAS

TRABALHO DE FISICO QUÍMICA
PROPRIEDADES COLIGATIVAS

INTRODUÇÃO

O trabalho a seguir vai tratar sobre propriedades coligativas: Tonoscopia, Ebuloscopia,Crioscopia e Osmoscopia e suas interações entre solutos.
Como reagem e as modificações que podem ocasionar nos pontos de ebulição, fusão, pressão de vapor e congelamento dos solutos.PROPRIEDADES COLIGATIVAS

Propriedades coligativas da soluçoes são propriedades físicas que se somam pela presença de um ou mais solutos e dependem única e exclusivamente do número de partículas que estão dispersas na solução, não dependendo da natureza do soluto. Isso significa dizer que a quantidade, e não a qualidade, das partículas que estão juntas na solução é que irá influenciar na formação daspropriedades coligativas. Sao as propriedades: Tonoscopia, Ebuloscopia, Crioscopia e Osmoscopia.
Os três primeiros foram estudados por Raoult, enquanto que o último foi estudado por Van't Hoff.
Todas as propriedades coligativas surgem da diminuição do potencial químico do líquido solvente como resultado da presença do soluto. A diminuição do potencial químico do solvente implica aumento da temperaturaem que ocorrerá o equilíbrio líquido-vapor (o ponto de ebulição é aumentado) e diminui a temperatura em que ocorre o equilíbrio sólido-líquido (o ponto de fusão é diminuído).
A origem molecular da diminuição do potencial químico não está na energia de interação entre o soluto e as partículas do solvente, porque a elevação também ocorre em soluções ideais.
Da mesma forma, o aumento da desordem dasolução pela adição do soluto contribui para que ela não permaneça em seu estado sólido e funda, diminuindo o ponto de fusão.

PRESSÃO DE VAPOR

A pressão de vapor é uma propriedade física que depende intimamente do valor da temperatura. Qualquer que seja a temperatura, a tendência é de o líquido se vaporizar até atingir equilíbrio termodinâmico com o vapor; em termos cinéticos, esse equilíbrio semanifesta quando a taxa de líquido vaporizado é igual à taxa de vapor condensado. Uma substância líquida entra em ebulição quando a pressão do sistema ao qual faz parte atinge a pressão de vapor dessa substância. A pressão que o vapor exerce no equilíbrio líquido-vapor denomina-se de pressão máxima de vapor

Ex:
Podemos dizer que, sob uma temperatura de 20°C, a pressão máxima de vapor de água é17,5mm de Hg e a pressão máxima de vapor do álcool etílico (etanol) é 44mm Hg. Portanto, o álcool é mais volátil que a água. 
Conforme a temperatura aumenta, ocorre também o aumento na pressão de vapor do líquido. Portanto, sob uma temperatura de 27°C, a pressão máxima de vapor da água é de 26mm de Hg. E sob a temperatura de 47°C a pressão máxima de vapor da água é de 79 mm Hg. O diagrama abaixorepresenta essa relação entre pressão de vapor e temperatura. 

TONOSCOPIA

Tonoscopia e o estudo do abaixamento da pressao maxima de vapor de um liquido, causado pela adição de um soluto nao volatil. A medida desse abaixamento é feita pela tonometria.

EBULOSCPIA

Sabemos que a adiçao de soluto nao-volatil faz baixar a pressao de vapor do solvente puro. Agora quando adicionamos um solutonao-volatil ao solvente em ebulição, fazemos com que a temperatura de ebulição deste solvente se eleve, ou seja, a ebuloscopia é a da elevação na temperatura de ebuliçao de um liquido, provocada pela adiçao de um soluto nao-volatil

EX:
A adição de um soluto, como açúcar ou uréia, diminui a volatilidade da água. Isso significa que a solução deve evaporar ou ferver com maior dificuldade. Denominadoebulioscopia

Quando uma solução de açúcar entra em ebulição, apenas o solvente vaporiza. Conseqüentemente, a concentração da solução e a temperatura de ebulição (que depende da concentração) aumenta a cada instante.
Por esse motivo, essas soluções fervem em uma determinada faixa de temperatura.

CRIOSCOPIA

Abaixamento do ponto de congelamento de um líquido, provocado pela presença de um soluto...