Epicuro-karl marx-mauricio tragtenberg- asterix

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2763 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
TÍTULO ? SUGESTÃO: A INFLUÊNCIA SURPREENDENTE DE EPICURO
Introdução
O trabalho tem o objetivo de relacionar alguns conceitos da filosofia Epicurista descritas na obra de Pessanha: “As delícias do Jardim”, com os autores e obras: Karl Marx e sua filosofia, Tragtenberg: “A delinquência acadêmica: o poder sem saber e o saber sem poder” e aplicar no caso Gaulês Asterix: “O domínio dos deuses”.Para realizar o objetivo citado, o trabalho apresenta três partes:
1. Introdução sobre a filosofia Epicurista e a definição dos conceitos a serem relacionados.
2. Relação entre a filosofia Epicurista e a filosofia Marxista.
3. Relações entre a filosofia Epicurista, Tragtenberg e o caso Gaulês.

1. EPICURO E DEFINIÇÕES DE CONCEITOS DE SUA FILOSOFIA.

Epicuro vivia na Grécia, século VI, noperíodo de transição do Helenismo para o Helenístico, em que as Cidades-Estado estavam em queda, perdendo a autonomia, ficando ao domínio de um estrangeiro, Alexandre “O grande”.
Havia uma grande insatisfação com a injustiça social, o poder estava nas mãos de poucos. Não existia a verdadeira felicidade entre os homens no contexto social por se interessarem apenas por riqueza e poder. No contextoreligioso, predominava religiões compostas por mitos e superstições. Epicuro criou sua doutrina contra estas superstições e apego a bens materiais, voltada para a reflexão interior e busca da felicidade através de prazeres de forma racional e equilibrada.
As falsas crenças eram marcadas por conceitos fictícios sobre os deuses e a morte que causava grande pavor entre as pessoas que estavamfragilizadas e suscetíveis à manipulações. Para Epicuro, a alma dessas pessoas estava “doente” e necessitava de um “remédio”, denominado Pharmacon.
O Pharmacon, seria o logos filosófico, a cura da alma através da filosofia, através do conhecimento profundo da natureza das coisas. O Pharmacon possibilitava a conscientização sobre as falsas crenças e alívio das sensações negativas como o medo e seria umaforma de suportar a dor física através do resgate de imagens de boas lembranças do passado, de coisas agradáveis que proporcionassem algum tipo de prazer para amenizar a dor. Criou-se na forma Tetrapharmacon composto por quatro frases:
“Não há o que temer quanto aos deuses”
“Não há nada a temer quanto à morte”
“Pode-se alcançar a felicidade.”
“Pode-se suportar a dor.”
Essas frases, expressamresumidamente, o que Epicuro propunha para provar ao homem que poderia alcançar a felicidade se dominasse com sabedoria tudo que lhe causava temor.
Mas para a prática da ação curativa era necessário o exercício da Philia, a relação de amor à sabedoria em amor a humanidade. A admiração dos discípulos por seus mestres, o sentimento de amizade e sua importância eram transparentemente expostos. ParaEpicuro, os amigos possibilitavam a procura e a manutenção da sabedoria e se não existisse esse amor transbordante entre os homens não haveria como transmitir o conhecimento.
Considerava que o contato harmonioso com um ambiente natural era essencial para tornar o homem feliz. Fundou sua escola filosófica, o Jardim, onde convivia com seus parceiros e todos os interessados a filosofar e adquirirconhecimento, sem qualquer tipo de distinção. Nos jardins, disseminava seu conhecimento e este ambiente natural ao lado dos parceiros propiciava a uma melhor reflexão, equilíbrio e a descoberta do sentido da vida.
Para não ser dominado pelos fatalismos (fatos negativos e impostos à sociedade e que as pessoas não reagem por muitas vezes acharem que são predeterminados), existe o Clinamen que são osdesvios baseados na física Epicurista, em que os átomos além das diferentes formas possuem pesos e ao cair sofrem desvios e mesmo que tão pequenos, possibilitam o choque com outros e a formação de novas coisas. Assim é o homem, que precisa se chocar com outras coisas (idéias, conceitos, experiências entre outras), para que consiga formar novas idéias e não ser manipulado tornando-se capaz de...
tracking img