Entrevista surdo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1896 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de dezembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUÇÃO

Diante da proposta da Professora Glaydis Guerra, da disciplina de Libras, buscamos conhecer uma pequena parte da educação do surdo.
Para conhecer um pouco da realidade educacional dos surdos foi sugerida uma aproximação de um grupo de surdos em um ambiente informal em encontros realizados semanalmente pelos mesmos.
O trabalho apresenta um questionamento frente à socialização dosurdo e seu modelo de educação, juntamente com uma fundamentação teórica.

UMA BREVE SINTESE SOBRE A HISTÓRIA DE EDUCAÇÃO DE SURDOS

A história da educação de surdos evolui continuamente apesar de vários impactos marcantes, no entanto, vivemos momentos históricos caracterizados por mudanças, turbulências e crises, mas também de surgimento de oportunidades.
Verificamos que as decisões sobre aeducação de surdos sempre foram determinadas por sujeitos ouvintes que se autoconferiam poder para a tomada dessa decisão.
Antes de surgirem estas discussões sobre a educação, os sujeitos surdos eram rejeitados pela sociedade e posteriormente eram isolados nos asilos para que pudessem ser protegidos, pois não se acreditava que pudessem ter uma educação em função da sua ‘anormalidade’, ou sejaaquela conduta marcada pela intolerância obscura na visão negativa sobre os surdos, viam-nos como ‘anormais’ ou ‘doentes’.
Muitos anos depois os sujeitos surdos passam a ser vistos como cidadãos com direitos e deveres de participação na sociedade, mas sob uma visão de assistencial excluída.
Naquela época, não tinham escolas para os sujeitos surdos. Com esta preocupação educacional de sujeitos surdosfizeram surgir numerosos professores que desenvolveram seus trabalhos com os sujeitos surdos e de diferentes métodos de ensino.
Em meados de 1700, as famílias mais abastadas contratavam tutores para ensinar o surdo a falar. Tinham como único objetivo a fala pois, através dela os surdos teriam direito a herança.
Normalmente, estes tutores nomeados eram médicos e padres. Com o tempo estas pessoasforam desenvolvendo métodos para se comunicar com os surdos.
Isso se estendeu até o século XVIII, quando começaram a surgir as primeiras escolas para surdos. Cada escola desenvolvia uma metodologia.
Foi então que, em 1880 foi realizado o Congresso de Milão, que tinha como objetivo unificar essa forma de educação do surdo.
Apesar de ter como foco a educação do surdo, apenas alguns poucosprofessores surdos puderam participar, porém, sem direito a voto.
Ficou decidido neste congresso que os surdos seriam educados através do oralismo. Apenas os EUA votaram contra. Assim, em todas as escolas do mundo os surdos deixaram de ser educados através da língua de sinais.
Nos EUA, algumas escolas optavam pelo uso da língua de sinais, enquanto outras optavam pelo oralismo.
Após 1880, osprofessores surdos foram destituídos do cargo. Foram proibidos inclusive de realizar manifestações. A maior preocupação desses professores era que a linguagem de sinais fosse extinta.
Nesta época, era muito comum que os pais das crianças surdas evitassem contato com outras em igual situação.
Desta época até os dias atuais os surdos passaram por três fases: oralismo, comunicação total ebilinguismo.
No oralismo a fala era mais importante, os sinais eram proibidos, entendiam que a pessoa que não falava consequentemente não pensava, o nível de escolarização era baixo, uma vez que apenas 10% eram alfabetizados, não aprendia outra ciência enquanto não falasse. A surdez era entendida como uma doença que precisaria ser curada.
Na comunicação total foi liberada a língua de sinais, eraapresentada toda forma de estímulo e a criança desenvolvia a sua própria, utilizava-se da língua de sinais e da fala, uma vez que os professores ainda queriam que a criança falasse, ou seja, a língua de sinais seria um apoio para a fala. A comunicação total durou 10 anos, com a crítica de que não dá para falar na gramática da língua oral e libras ao mesmo tempo.
Já no bilinguismo (atual), as libras foram...
tracking img