Engenharia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3232 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUÇÃO

A cinética química também conhecida como dinâmica química trata das velocidades das reações químicas,ou seja, estuda-se os fatores que controlam quão rapidamente as transformações químicas ocorrem, que incluem: (James E. Brady Vol2).
* A natureza dos reagentes e produtos (Algumas reações são naturalmente rápidas e outras são lentas dependendo da composição química).
* Aconcentração das espécies reagentes (Para duas moléculas reagirem uma com a outra elas precisam se encontrar,e a probabilidade que isso vá ocorrer numa mistura homogênea aumenta com o aumento de concentração,já em reações heterogêneas a velocidade também depende da área de contato,diminuindo o tamanho da partícula, aumentaremos a velocidade da reação).
* O efeito da temperatura (Quase todas asreações químicas ocorrem de forma mais rápida quando suas temperaturas são aumentadas).
* A influência dos agentes externos chamados catalisadores (Aumentam as velocidades das reações sem serem usados).
Temos por exemplo o progresso de uma reação hipotética; Quando a reação é iniciada nenhum produto (B) está presente, e à medida que o tempo decorre ,a concentração de (B) aumenta com umacorrespondente diminuição na concentração de (A),a velocidade desta reação química varia com o tempo,ou seja, à medida que os regentes são consumidos a velocidade da reação decresce gradualmente (Brown 9º Ed).
→ →
Figura1 : 1mol de (A) vermelho e 0 mol de (B) azul. Depois de 20 segundos o recipiente contém 0,54 mol de (A) e 0,46 mol de (B). Após 40 segundos o recipiente contém 0,30 mol de (A) e0,70 mol de (B). (Brown 9º Ed)
Em muitos momentos da química, não se tem interesse da energia que deverá ser aplicada ao sistema para a obtenção dos compostos (Termoquímica), mas como o indivíduo pode manipular o sistema e a vizinhança de modo que se obtenha um consumo mais rápido dos reagentes ou a formação do produto. Com isso, torna-se indispensável o conhecimento com base na velocidade médiade reação que é definida como a variação da concentração molar de um reagente durante um intervalo de tempo Eq. 1, ou variação da concentração molar do produto no intervalo de tempo Eq. 2 . (PETER ATKINS/LORETA JONES, 5° edição, 2012).
VmR=-∆R∆t (eq.1) VmP=∆P∆t (eq.2)
Na abordagem da cinética química, outro tema que se sugere bastante atençãosão as ordens de reação que são caracterizadas pela presença de um expoente nas leis de taxas. A lei da taxa para a reação de A com B pode ser expressa de acordo a Eq. 3, em que k é a constante de taxa, e m, n expoentes obtidos de modo experimental.(Brady E. James. et al. ,2003).

lei de taxa=k.Am.Bn [eq.3]
As ordens de reação podem ser apresentadas da seguinte forma:
Tabela 1 – Relação entreas ordens de reação para mais de um reagente |
Ordem em A e B | Lei de taxa (velocidade) |
0 | Velocidade = k |
1 | Velocidade = k[A] ou k[B] |
2 | Velocidade = K[A][B] |
Fonte: Autoria própria
As ordens de reação exibidas acima são para mais de uma reação, sendo chamadas de ordem total, caracterizada pela soma dos expoentes.
A cinética química possibilita também uma visualização,muitas vezes clara e de modo bem convincente, a possibilidade de manipulação das reações químicas. Um exemplo que pode ser citado, é a seguinte reação:
2I-aq+S2O82-aq→I2aq+2SO42-aq [eq 4.]lenta
2S2O32-aq+I2aq→S4O62-aq+2I-aqeq 5.rápida
A reação descrita acima, trata-se de uma reação relógio. Ela apresenta-se por etapas, uma de forma lenta (através de oxidação do iodeto)e outra de um modo maisrápido (pela redução imediata após o consumo do tiossulfato (S2O32-)). Mais adiante, estará demonstrada que esta reação trata-se de uma versão da reação de Landolt, em que o fator determinante de visualização está na presença do acúmulo de iodo e que uma possível mudança de coloração poderá ser demonstrada aplicando-se o correto conhecimento de indicadores e pH da solução.



OBJETIVO...
tracking img