Engenharia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2305 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Histórico e
Evolução
dos
Computadores

Referência Bibliográfica
Structured Computer Organization, Fourth Edition.
Andrew S. Tanenbaum. Prentice Hall, 1999. ISBN
0-13-095990-1.
History of Computing Information:
http://ftp.arl.army.mil/~mike/comphist/

Linguagens, Níveis e
Máquinas Virtuais


Linguagem: conjunto de instruções utilizadas para se
construir programas

Linguagem de Máquina: linguagem (L0) do computador
real
Linguagem Abstrata: linguagem (L1) mais adequada para
pessoas



Linguagens, Níveis e
Máquinas Virtuais
 Tradução:

substituição de cada instrução de um
programa em L1 por uma sequência equivalente de
instruções em L0, obtendo um novo programa em
L0 que pode ser executado no computador real

 Interpretação:

execução de umprograma em L1
por outro programa (interpretador) em L0; o
programa em L1 é input para o interpretador, que
examina cada instrução em L1 e executa uma
sequência equivalente de instruções em L0

Linguagens, Níveis e
Máquinas Virtuais
 Máquina

Virtual: máquina (M1) hipotética, cuja
linguagem de máquina é a linguagem L1

 Nível

ou Camada: uma máquina (computador real
ou virtual) e acorrespondente linguagem, sobre a
qual uma nova camada pode ser acrescentada

Máquina Multinível (Multicamada)
Máquina virtual Mn, com linguagem de máquina Ln

Programa em Ln pode ser
interpretado por um interpretador
executando em uma máquina
mais abaixo, ou traduzido para a
linguagem de máquina de uma
máquina mais abaixo

Máquina virtual M2, com linguagem de máquina L2

Programaem L2 pode ser
interpretado por interpretadores
executando em M1 ou em M0,
ou traduzido para L1 ou L0

Máquina virtual M1, com linguagem de máquina L1

Programa em L1 pode ser
interpretado por um interpretador
executando em M0,
ou traduzido para L0

Computador real M0, com linguagem de máquina L0

Programa em L0 é diretamente
executado por circuitos eletrônicos

MáquinaMultinível
Contemporânea
Nível 5

(BASIC, C, C++, Java,
LISP, Prolog, ...)

Nível de Linguagem Orientada a Problemas
Tradução (compilador)

Nível 4

Nível de Linguagem de Montagem (Assembly)
Tradução (montador ou assembler)

Nível 3

Nível de Máquina de Sistema Operacional
Interpretação parcial (sistema operacional)

Nível 2

(mnemônicos para as
Instruções de máquina)

(instruçõespara permitir
concorrência e uma organização
diferente da memória)

Nível de Arquitetura de Conjunto de Instruções

(instruções de máquina)

Interpretação (microprograma) ou execução direta
Nível 1

Nível de Microarquitetura

(registradores e o circuito ALU –
Arithmetic Logic Unit)

Hardware
Nível 0

Nível de Lógica Digital

(gates – constituídos de transistores –
eregistradores – que compõem a memória)

Invenção da Microprogramação
 Os

primeiros computadores (anos 40)
possuíam somente dois níveis: Nível de
Arquitetura de Conjunto de Instruções e o
Nível de Lógica Digital, que executava os
programas e era complicado, difícil de
entender e construir, e de baixa
confiabilidade.

Invenção da Microprogramação
 Em

1951, Maurice Wilkes (University ofCambridge) sugeriu a introdução de um
nível intermediário para simplificar o
hardware:
um
interpretador
(microprograma) imutável para executar as
instruções especificadas no nível acima.

Invenção do Sistema
Operacional
volta de 1960, foi criado um programa –
sistema operacional –

 Por

O

SO tem a função de automatizar o trabalho do
operador do computador: iniciar um novojob,
carregar o compilador de FORTRAN, carregar o
programa a ser compilado, executar o programa
resultante da compilação, entrar os dados para o
programa, imprimir os resultados do programa.

Gerações de Computadores
1.
2.
3.
4.

5.

Computadores Mecânicos (1642-1945)
Computadores com Tubos a Vácuo ou Válvulas
Eletrônicas (1945-1955)
Computadores com Transistores (1955-1965)...
tracking img