Engenharia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 18 (4428 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Curso: Engenharia Disciplina: Tópicos de Física Geral e Experimental Professores: Douglas / Maurício Assunto: Conceito Hist Estática

Civilizações antigas
A curiosidade humana sobre os fatos ao seu redor, para além da necessidade biológica de autopreservação, busca de alimento e reprodução, remonta a tempos anteriores ao registro histórico. Possivelmente, está associada ao surgimento dalinguagem simbólica e à necessidade psicológica de comunicar e conviver. Se procurarmos as mais antigas ligações dos registros históricos com aquilo que temos hoje como o campo de atuação da Física, encontraremos as observações sobre os eventos astronômicos – em todas as civilizações anteriores aos gregos, do Egito à China, os agrupamentos humanos das mais variadas formas de organização social,reconheciam os padrões de repetição dos eventos celestiais – desde a alternância entre o dia e a noite até os alinhamentos entre determinadas estrelas, conforme observadas a olho nu. Tem-se que uma das principais motivações da atenção despertada por estes eventos era a necessidade de tirar o melhor proveito possível dos recursos agrícolas: a energia do sol, o ciclo das água, os ventos, as estações e o quemais facilitasse a produção de alimentos. Há, até mesmo, registros históricos de previsão de eclipses – não que eles compreendessem o fenômeno em si, mas sabiam quando voltariam a acontecer. Em paralelo com registro e estudo detalhado das efemérides astronômicas, a linguagem simbólica começava a dar os primeiros passos em direção à Matemática. Os Egípcios eram bons em aritmética, que eranecessária para estágio avançado de técnicas administrativas de um grande império, como por exemplo, na demarcação de terras agrícolas e propriedades particulares e no controle financeiro. Os babilônios, por sua vez, já avançavam em álgebra, tendo desenvolvido técnicas para solucionar equações quadráticas, cúbicas e biquadradas, e criaram uma notação fracionária sexagesimal (de onde se originam nossasdivisões da circunferência em 360 graus e da hora em 60 minutos). Ao lado destas necessidades práticas, havia também uma associação muito forte dos objetos e eventos celestes com as divindades, e a posição dos astros era utilizada também como base para a Astrologia – os soberanos faziam questão de ter, em suas cortes, estudiosos que pudessem lhes dizer os momentos mais favoráveis para declarar umaguerra ou celebrar um pacto. Um pouco mais para o Oriente, a Índia também dominava estes dois conhecimentos – Matemática e Astronomia – e tinha dois elementos que hoje nos são tão usuais que é difícil imaginar como os egípcios e babilônios (entre outros) se viravam sem eles: inventaram o zero e, com ele, uma notação posicional que lhes permitia fazer somas e tábuas de multiplicação de maneira 1Disciplina: Tópicos de Física Geral e Experimental Profº : Douglas Esteves

semelhante à que fazemos hoje. A civilização árabe absorveu estas técnicas e as trouxe ao Oriente, mas apenas alguns milênios mais tarde, com o declínio do Império Romano (que usava os esdrúxulos algarismos romanos, tão inadequados às operações matemáticas). Quanto à Astronomia, o registro histórico é de que todos estespovos acreditavam – alguns sem dar muita importância ao fato – que os astros giravam em torno da Terra. Cabe aqui observar que ainda não havia uma noção cultural de ciência. Parte de todo esse conhecimento era, como consideramos válido em ciência atualmente, derivado de observações sobre a natureza e de raciocício sobre eles – mas ainda eram muito fortes o caráter místico e divinatório de muitos"conhecimentos" e a manipulação política deles em função da preservação do poder instituído. Os argumentos baseados em revelação e em autoridade eram tidos como absolutamente válidos, tanto quanto a observação dos fatos e a lógica coerente, se não mais do que eles. A civilização grega Tida muitas vezes como milagrosa, pelo desenvolvimento que apresentou, a civilização grega herdou um vasto tesouro...
tracking img