Engenharia de Software

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2451 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de dezembro de 2014
Ler documento completo
Amostra do texto
CENTRO UNIVERSITÁRIO PARA O DESENVOLVIMENTO DO ALTO VALE DO ITAJAÍ
BRUNO PASQUALINI
KELVIN EGER









METODOS ÁGEIS













RIO DO SUL
2014
CENTRO UNIVERSITÁRIO PARA O DESENVOLVIMENTO DO ALTO VALE DO ITAJAÍ
BRUNO PASQUALINI
KELVIN EGER





METODOS ÁGEIS





Trabalho a ser apresentado para a disciplina deEngenharia de Software I do curso de Bacharel em Sistemas de Informação, da área das Ciências Naturais, da Computação e das Engenharias, do Centro Universitário para o Desenvolvimento do Alto Vale do Itajaí, para obtenção de nota final da disciplina.

Prof.: Cleber Nardelli





RIO DO SUL
2014
1 INTRODUÇÃO

Durante o desenvolvimento de software, com a utilização de métodos ágeis as pessoasenvolvidas acabam tendo um contato mais frequente, o que deixa o software sujeito a mais mudanças.
Devido a esse problema é necessário sempre estar liberando as partes do sistema que foram desenvolvidas/corrigidas ao cliente, para ganhar mais credibilidade do cliente e mostrar que estamos dispostos a melhorar. Quanto maior o número de entregas feitas em um pequeno período, damos mais valor aaplicação, pois o cliente já está usando parte do sistema, sem que ele esteja realmente 100% pronto.
Para ganhar tempo no desenvolvimento de software são utilizados alguns métodos como por exemplo, a orientação à objeto e design patterns. A partir deles é possível concentrar uma determinada lógica em uma parte do software, assim a manutenção e a facilidade de manter o software se torna mais rápida,pois o programador/desenvolvedor vai direto “ao ponto”, no final das contas essas horas que sobraram, serão utilizadas pra liberar mais uma parte do sistema ao cliente.



2 FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA

É notável a relevância que a indústria de software tem nas mais diversas áreas de mercado hoje em dia. A busca por produtos de software que atendam as necessidades das pessoas e das empresas nasmais distintas áreas aumenta continuadamente. Cada vez mais estes softwares têm que ser entregues com um alto nível de qualidade e a custos financeiros de certa forma, mais acessíveis aos clientes e fornecedores. Além disso, em inúmeros momentos também há a necessidade que se criem soluções simples para problemas cada vez mais complexos. No entanto, ao passo que esta demanda por software aumenta,nem sempre estes são entregues dentro de prazos e níveis de qualidade que satisfaçam seus clientes e seus usuários.
Desde o início da atividade de criação e desenvolvimento de software, principalmente quando ela inseriu-se em âmbitos comerciais, busca-se estabelecer modelos e métodos padronizados para se atingir um objetivo pré-definido, que é fornecer um produto ao cliente atendendo aos seusníveis de qualidade, custo e duração necessários.
Um dos modelos mais tradicionais de desenvolvimento de software conhecido é o modelo cascata que, durante muito tempo, foi o principal utilizado para se desenvolver software. Ele define uma sequência estruturada de etapas a serem seguidas de forma a obter um produto final, que é o software concluído.

2.1 ORIENTAÇÃO À OBJETOS


Um dos principaisparadigmas no desenvolvimento de software é a orientação a objetos, que se destaca por maior segurança e menas repetições de código, facilitando a manutenção posteriormente.
Basicamente ela tenta representar o que é observado no mundo real em objeto/classe, transformando suas características em propriedades e suas ações em métodos.
A orientação à objeto pode ser dividida em quatro tópicos:abstração, encapsulamento, herança e polimorfismo.

2.1.1 Abstração


Como estamos lidando com uma representação de um objeto real, temos que imaginar o que esse objeto irá realizar dentro de nosso sistema. São três pontos que devem ser levados em consideração na abstração.
O primeiro ponto é darmos uma identidade ao objeto que iremos criar. Essa identidade deve ser única dentro do sistema...
tracking img