Empreendorismo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2226 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUÇÃO

Do inicio da teoria econômica, com Adam Smith até muito recentemente, os economistas explicavam o desenvolvimento das nações como resultado de três variáveis: Mão-de-obra barata, matéria prima abundante e capital disponível para investimentos. Hoje sabe-se que existem duas outras variáveis, provavelmente mais importantes que as demais: A Tecnologia e o “Empreendedorismo”.Empreendedorismo é um neologismo derivado da livre tradução da palavra entrepreneursbip. Popularizou-se através da importação do inglês, cuja origem vem de entrepreneur, palavra francesa que era usada no século 12 para designar aquele que incentivava brigas. No final do século 18, passou a indicar a pessoa que criava e conduzia projetos e empreendimentos. Nessa época, Cantillon, que lhedeu o significado atual, o termo se referia a pessoas que compravam matérias-primas (geralmente um produto agrícola) e as vendiam a terceiros, depois de processá-las — identificando, portanto, uma oportunidade de negócios e assumindo riscos. Say foi mais além e considerou o desenvolvimento econômico como resultado da criação de novos empreendimentos.
Cada pesquisador baseado no seu campoe área de atuação constitui seu próprio conceito. Duas correntes principais tendem, no entanto, a conter elementos comuns à maioria delas. São as dos pioneiros do campo: os economistas, que associaram o empreendedor à inovação, e os comportamentalistas, que enfatizam aspectos atitudinais, como a criatividade e a intuição. Dois economistas, Cantillon (1755) e Jean-Baptiste Say (1803), dedicaramatenção à criação de novas empresas e seu gerenciamento. Cantillon foi o primeiro a definir as funções do empreendedor.
O Empreendedor jamais deve cair na zona de conforto, ou seja, acomodado sem visão e nem iniciativa, estando sujeito a não alcançar os objetivos. Entrar antes no mercado, com grande idéia, não é garantia de sucesso. A primeira empresa sinaliza a existência de um mercadoaltamente convidativo, atraindo concorrentes que poderão dominá-lo. Precisa-se acima de tudo capacidade para levar adiante e obter o máximo de desempenho.
A palavra empreendedor, de emprego amplo, é utilizada para designar principalmente as atividades de quem se dedica à geração de riquezas, seja na transformação de conhecimentos em produtos ou serviços, na geração do próprio conhecimentoou na inovação em áreas como marketing, produção, organização e outros. A concepção que Say tinha do empreendedor — alguém que inova e é agente de mudanças — permanece até hoje. Filion [1999a] considera Jean Baptiste Say o pai do empreendedorismo, mas foi Schumpeter quem deu projeção ao tema, associando definitivamente o empreendedor ao conceito de inovação e apontando-o como elemento que disparae explica o desenvolvimento econômico.
[...] O empreendedorismo é como uma febre vem contagiando a muitos ao redor do mundo, presencia grandes mudanças em velocidades alucinantes, envolvendo novas tecnologias, novas formas de comercialização. ¹
O empreendedor é alguém capaz de desenvolver uma visão, Deve saber persuadir terceiros, sócios, colaboradores, investidores,convencê-los de que sua visão poderá levar todos a uma situação confortável no futuro. Utilizando energia e perseverança, e uma grande dose de paixão constrói algo a partir do nada e continuar em frente, apesar de obstáculos, armadilhas e da solidão. O empreendedor é alguém que acredita que pode colocar a sorte a seu favor, por entender que ela é produto de trabalho duro.
Entre os atributosfundamentais de um empreendedor está a capacidade de identificar, agarrar e buscar recursos para aproveitar uma oportunidade.
Ter coragem de assumir riscos, não ter medo de transformar seus sonhos em realidade. Que seja auto-suficiente, identifique e aproveite oportunidades. O empreendedor percebe o mercado de forma diferenciada, vê o que os outros não percebem, têm a motivação, e deve estar...
tracking img