Empreendedorismo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3083 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
MERCADO PRIMÁRIO
O mercado primário de ações é onde se negocia a subscrição (venda) de novas ações ao público, ou seja, no qual a empresa obtém recursos para seus empreendimentos.
Os lançamentos de ações novas no mercado, de forma ampla e não restrita à subscrição pelos atuais acionistas, chamam-se lançamentos públicos de ações ou operações de underwriting. O underwriting é um esquema delançamento de uma emissão de ações para subscrição pública, no qual a empresa encarrega a um intermediário financeiro a colocação desses títulos no mercado.
 
ABERTURA DE CAPITAL
A empresa em fase de crescimento necessita de recursos financeiros para financiar seus projetos de expansão. Mesmo que o retorno oferecido pelo projeto seja superior ao custo de um empréstimo, o risco do negócio recomenda queexista um balanceamento entre o financiamento do projeto com recursos externos e próprios.
· Fontes de Financiamentos para a empresa
-  Externas
§  Passivo Circulantes
§  Exigível a longo prazo
-  Próprias
§  Capital
· Aporte de capital dos atuais sócios
· Abertura de capital
o   Ações preferenciais
o   Ações ordinárias
· Lucros retidos
Cabe-nos destacar que nem todas as necessidadespodem ser satisfeitas com a abertura de capital. As necessidades satisfeitas pela abertura de capital, normalmente, estão ligadas à necessidade de financiamento dos projetos de expansão, como, por exemplo: ampliação da produção; modernização da empresa; criação de novos produtos; informatização etc.
Não existe regra para determinar o equilíbrio ou balanceamento entre nível de capital de terceirose de capital próprio empregado. Portanto, a decisão de buscar capital próprio por meio da emissão de novas ações para serem adquiridas pelo público em geral envolve diversos fatores, alguns de natureza objetiva e outros de natureza subjetiva. Esses motivos podem ser sintetizados nos seguintes:
* Captação de recursos para realização de investimentos;
* Reestruturação financeira (ativos epassivos);
* Engenharia jurídica (reestruturação societária);
* Profissionalização da gestão;
* Melhoria da imagem institucional etc.
 
DECISÃO SOBRE ABERTURA DE CAPITAL
Antes da decisão sobre a abertura ou não do capital da empresa, é necessário que algumas questões sejam bem esclarecidas pela empresa. Em primeiro lugar, é necessário proceder a alguns ajustamentos de ordem jurídica,societária e de posicionamento, diante da condição que irá assumir como empresa de capital aberto. Esses ajustes envolvem as seguintes etapas preliminares:
* Adaptação dos estatutos sociais;
* Reorganização da estrutura societária;
* Criação do Conselho de Administração;
* Designação do Diretor de Relações com Mercado (DRM);
* Contratação de Auditoria Independente;
*Acerto de pendências fiscais;
* Definição do tipo de ação a ser lançada, montante e preço; em princípio, o mercado de ações serve para a captação de recursos em face de novos investimentos previstos na empresa, incluindo parte fixa (investimento) e capital de giro necessário, geralmente 8% do investimento. Para tanto, a empresa fará projeções financeiras que contemplem a realização de seus projetosde expansão, que deverão evidenciar:
* montante de recursos a serem aplicados;
* cronograma de desembolso ou da necessidade de recursos;
* qual o preço de lançamento de cada ação, acompanhado da respectiva justificativa;
* quais ações serão emitidas, preferenciais e/ou ordinárias e suas respectivas proporções.
Além desses ajustes preliminares, devem ser considerados também oscustos envolvidos no processo de abertura de capital.
A abertura do capital de uma companhia envolve custos que devem ser considerados em seu processo decisório. Esses custos podem ser reunidos em quatro grupos:
* custos legais e institucionais;
* custos de publicação, publicidade e marketing;
* custos da prestação do serviço financeiro;
* custos internos da empresa.
Outras...
tracking img