Empreendedorismo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2485 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
EMPREENDEDORISMO NO BRASIL –BASE PLT Nº 137.


Na década de 1990, o empreendedorismo começou a tomar forma, quando as entidades Sebrae (Serviço de Brasileiro de Apoio às Micros e Pequenas Empresas) e Softrex (Sociedade Brasileira para Exportação de Software). Pouco ou nada se falava à época sobre empreendedorismo e, em criação de pequenas empresas. Vale lembrar que o Solftex foi criado com oobjetivo de levar as empresas de software do pais ao mercado externo, por meio de várias ações que permitiam ao empresário de informática à capacitação.
Com os temas incubadores de empresas, universidade, programas criados no âmbito da Softex, o tema começou a despertar a sociedade.
Temas como plano de negócios (business plans) desconhecido de alguns e até ridicularizado por outros emergiramapós 15 anos.
O PLT pág. 26 demonstra vários exemplos do crescimento do empreendedorismo no Brasil.

GEM 2000.

O relatório executivo de 2000 do Global Entrepreneurship Monitor, o Brasil apareceu como o pais que possuía a melhor relação entre o número de habitantes adultos que começavam um novo negócio e o total da população: 1 entre cada 8 adultos. A pesquisa GEM tem por objetivo analisardados estratégicos sobre empreendedorismo no Brasil e no mundo.
Realizada anualmente, a pesquisa mede a evolução do empreendedorismo no Brasil e em outros países, permitindo a identificação de fatores críticos que contribuem ou inibem a iniciativa empreendedora.
O estudo revela, entre vários aspectos, a taxa de empreendedorismo no País, o desempenho das mulheres empreendedoras, a participaçãodos jovens no universo empresarial e a motivação para empreender. Além disso, revela tendências econômicas e sociais que podem ser determinantes para tomadas de decisões. O estudo aponta ainda que comportamento dos empresários brasileiros vem mudando na última década. Atualmente, os donos de micro e pequenas empresas buscam conhecimento para iniciar e gerenciar negócios. Quanto mais informação,mais competitiva será a empresa.


Taxa de Sobrevivência das Empresas no Brasil.

7 em cada 10 empresas sobrevivem no Brasil após 2 anos da abertura. É o que indica pesquisa elaborada pelo Sebrae a partir de nova metodologia. O trabalho foi feito a partir do processamento da base de dados da Receita Federal (RF), utilizando como referência os registros de abertura, as entregas das declarações deImposto de Renda e as baixas das empresas no cadastro da Receita. O estudo utilizou as informações disponíveis na RF entre os anos 2005 e 2009 e focou as empresas constituídas nos anos de 2005 e 2006.

Na média nacional, a taxa de sobrevivência das empresas constituídas em 2006 foi de 73,1%, nível superior ao verificado nas empresas constituídas em 2005 (71,9%). Para as empresas constituídas em2006, a taxa de sobrevivência foi maior para as empresas industriais (75,1%), seguido pelo comércio (74,1%), serviços (71,7%) e construção civil (66,2%).

Entre as regiões, o sudeste é a região que apresentou a maior taxa de sobrevivência (76,4%), seguida pela região sul (71,7%), nordeste (69,1%), centro-oeste (68,3%) e norte (66%).

Entre as Unidades da Federação (UF), Roraima, Paraíba eCeará foram as que apresentaram as maiores taxas de sobrevivência (as três UF apresentaram uma taxa próxima a 79%), seguidas pelos estados de Minas Gerais (78%) e São Paulo (77%).
A das empresas brasileiras se aproximou das taxas mais recentes calculadas pela Organização de Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) para países como Itália (68%), Espanha (69%), Canadá (75%) e Luxemburgo (76%).Estudiosos apontam, porém que, faltam políticas públicas mais duradouras, para a consolidação do empreendedorismo no pais, como alternativa à falta de emprego, que respalde todo o movimento da iniciativa privada e de entidades não governamentais.

Um segundo ponto, conforme exposto no PLT pág. 29, é a falta de reconhecimento de homens e mulheres empreendedores de sucesso, que ainda são...
tracking img