Empreendedor individual

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 57 (14229 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUÇÃO



A ideia de elaborar este trabalho surgiu da curiosidade de descobrir como funciona o novo plano de crescimento do nosso país, que implantou uma nova figura jurídica, visando a regulamentação dos trabalhadores informais.

Desde o começo sabíamos que não seria tão simples desenvolver a pesquisa, pois contávamos com poucos recursos bibliográficos devido ao pouco tempode existência do programa, mas nos motivamos cada dia mais pelas dúvidas que vinham surgindo enquanto estudávamos o assunto, um dos mais instigantes foi: “EI – EMPREENDEDOR INDIVIDUAL: BENEFÍCIOS PARA O TRABALHADOR INFORMAL OU ARRECADAÇÃO DE IMPOSTOS PARA O GOVERNO?”, esse assunto gerou polêmica, criando várias opiniões. Tentamos chegar a uma conclusão mais cabível e elaborada para que possamospassar uma informação realista.

Buscamos também entender sobre empreendedorismo, que é a base para a formação de um futuro grande empresário que desde sempre apresentam algumas características marcantes, que serão citadas ao longo do trabalho.

Essa nova categoria conta com bastante vantagens e benefícios, que estimulam o cadastramento dos trabalhadores informais, um dos benefíciosé poder contar com a aposentadoria. Esse empreendedor tem como aliado uma tributação muito reduzida, já que esse trabalhador não pode ultrapassar R$60.000,00 por ano. De um total de empresas sendo abertas no Brasil, mais da metade são EI (Empreendedor Individual), indicando que o propósito inicial do projeto está sendo alcançado.

      O presente trabalho será dividido em cinco capítulos:
▪Teoria de Weber
▪ Empreendedorismo e Empreendedor
▪ EI – Empreendedor Individual
▪ Burocracia e Soluções
▪ Conclusão
      O intuito do trabalho é mostrar como funciona o programa EI com seus benefícios e burocracia.
 
Palavra-chave: Empreendedor Individual
 
DELIMITAÇÃO DO TEMA
 
           EI – Empreendedor Individual – É vantajoso formalizar-se?
 
OBJETIVO GERAL:
 
Estetrabalho tem como objetivo mostrar os benefícios e burocracia encontrados no programa EI (Empreendedor Individual).
 
OBJETIVO ESPECÍFICO:

Para o melhor desenvolvimento do trabalho, focamos nos seguintes tópicos:
▪ Analisar os procedimentos para se formalizar no EI;
▪ Verificar as exigências e burocracia encontrada no programa EI.
















1. EMPREENDEDORISMO1. EMPREENDEDORISMO




O empreendedorismo basicamente esta em todo lugar, não importa se o empreendedor é uma grande instituição existente ou se é um indivíduo que está começando seu novo negócio sozinho. Não faz diferença alguma se o empreendedor é uma empresa ou uma organização de serviço público sem fins lucrativos, nem sequer se o empreendedor é um instituição governamental ounão governamental. As regras são quase as mesmas, as coisas que funcionam e as que não funcionam são quase as mesmas, como são os tipos de inovação e onde procurá-los.



2. REFLETINDO SOBRE O EMPREENDEDORISMO


A existência de pessoas empreendedoras é o requisito básico para o surgimento de qualquer ramo de iniciativa empresarial. Todas as relações humanas surgem pela motivação depessoas com espírito empreendedor. A criação de novas empresas, a introdução de inovações nas empresas já existentes e mesmo a dinamização de uma instituição depende da forma empreendedora das pessoas.
Os estudos revelam que regiões que mais se desenvolveram são aquelas onde concentram uma maior quantidade de empreendedores.
O potencial e as habilidades empreendedoras estão latentesem algumas pessoas que manifestam interesse em empreender, quer seja através da criação de uma nova empresa própria, ou mesmo empreendendo inovações e novos negócios para as empresas em que trabalham.
A contribuição ao desenvolvimento econômico e social é dada pelos empreendedores na medida em que criam empregos, geram impostos, fortalecem a concorrência, inovam e produzem riquezas. Por...
tracking img