Empatia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 21 (5179 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Empatia









Andréa A. Rodrigues
Fabio Nunes
Leonilson B. F. Santos
Lúcio Batista
Rafael Reis
Wesley Ferreira






SumárioO que é empatia?............................................3

1. Como desenvolver a empatia..................................4
2. A base e a prática da empatia...........................4 a 6
3. Universalidade..............................................6
4. Bases fisiológicas da empatia...........................6 a 7
5. Precursores precoces deempatia.............................7
6. Modos subseqüentes de ativação empática.....................8
7. Comportamento de ajuda, dados de desenvolvimento e processos perceptuais........................................8 a 9
8. Super-ativação empática....................................10
9. Auto-recompensa............................................10
10. Empatia noTrabalho - O segredo biológico da empatia profissional...............................................11 a 12
11. Empatia: uma atitude naturalmente sábia e compassiva..12 a 13
12. Co-dependência........................................13 a 15
13. Apatia x Empatia......................................15 a 16
14. A Neurologia Da Empatia...............................16 a 20
15.Conclusão..................................................20







| |









O que é empatia?



O termo empatia foi utilizado pela primeira vez por E.B. Titchener, psicólogo, e o termo origina-se do termo grego empátheia, que significa "entrar no sentimento". Para alcançarmos este estágio é necessário deixar de lado nossos próprios pontos de vista e valores para poderentrar no mundo do outro sem julgamentos. E como isso é difícil de fazer!

Geralmente, nem acabamos de falar e já estamos sendo julgados. Isso, quando não tentam nos interromper com opiniões, ainda que nem tenhamos pedido, só queríamos falar, desabafar. Sabemos que isso nem sempre é fácil de encontrarmos nas relações, mas é o que esperamos quando contamos algo para alguém: sermos ouvido em todosos sentidos e mais importante, sentir que o outro está nos compreendendo, seja com um gesto ou um simples olhar, mas que demonstra de alguma forma sentir nossa dor.

É preciso deixar claro que empatia não tem nada a ver com necessidade compulsiva de realizar desejo alheios, de ajudar e de servir. E também é muito diferente da simpatia, que é algo que sentimos pelo que o outro está vivenciando,sem entretanto, sentir o que ele está sentindo. E muito menos tem haver com alexitimia, que se refere a pessoas que não conseguem identificar e nem descrever seus sentimentos.

A empatia também é a primeira condição para a prática da psicoterapia. É preciso ter uma percepção do mundo do outro como se fosse o seu próprio, o que leva a pessoa a desenvolver sua auto-estima, pois sente que éimportante e que seus sentimentos são considerados. A empatia muitas vezes é tudo que uma pessoa precisa, pois geralmente não encontra isso dentro da própria família. E é a falta dessa compreensão que faz com que muitos relacionamentos terminem.







Como desenvolver a empatia


Mas como alguém pode saber o que sentimos? Entrando em sintonia com nossa dor física ou emocional. É reconhecer asemoções ou necessidades do outro. E para desenvolver essa capacidade é preciso que a pessoa saiba antes de tudo ouvir e respeitar as próprias necessidades e dores. Tratar-se com empatia, ser compreensivo consigo mesmo como gostaria que fossem com você é característica básica para o autoconhecimento.

Empatia começa com a capacidade de estar bem consigo mesmo, de perceber as coisas que não...
tracking img