Elasticidade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2073 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Elasticidade


Reflete a sensibilidade de reação de uma variável quando ocorrem alterações em outras variáveis (como preço próprio, preço de outros bens e renda).





Elasticidade-Preço da Demanda

É a resposta relativa da quantidade demandada de um bem X às variações de seu preço. Ou seja, é a variação percentual na quantidade demandada de um bem X em relação a uma variaçãopercentual em seu preço.
Seu sinal será sempre negativo, em consequência da relação inversa entre o preço de um bem e sua demanda.

Epd = Q%
P%

Onde : Q% = (Qf - Qi)/Qi

: P%= (Pf - Pi)/Pi


Isto é, uma queda de 20% no preço do bem, a quantidade demandada aumenta 1,5 vez esse percentual (1,5 x 20% = 30%).



Demanda-Elástica Demanda-Elástica = Epd > 1 ou Q% >P

Uma redução ou aumento no preço do bem tem reflexo na quantidade demandada mais que proporcional a variação do preço.


Demanda-Inelástica = Epd < 1 ou Q% < P%

Uma redução ou aumento no preço do bem tem reflexo na quantidade demandada menos que proporcional a variação do variação.

Demanda-Unitária = Epd = 1 ou Q% = P%
Uma redução ou aumento no preço dobem tem reflexo na quantidade demandada na mesma proporção a variação do preço.

Elasticidades com Base na Curva de Demanda

Equação Geral da Demanda

Qd = a –bP



A equação da elasticidade Ep = pode ser rearranjada como : , , onde (Q/(P


Representa a variação da quantidade demandada em relação à variação no preço. Por sua vez, representa ocoeficiente ou a inclinação da curva de demanda ( –b), onde a quantidade é uma função do preço: Q = f(p). Não devemos confundir com a curva de demanda inversa, isto é, onde o preço é uma função da quantidade: P = f(q).

Sendo ( Q/ P) a equivalente à inclinação da curva de demanda (- b), isto também pode ser visto como o inverso do coeficiente da curva de demanda inversa (1/ P/ Q= 1/-b).





Substituindo a equação de demanda (Qd = a –bP) na equação de elasticidade sob esse novo rearranjo, a equação de elasticidade assume a seguinte configuração: Ed = P x (-b)/Q, onde P e Q são os preços e quantidades. Isso nos indica que a curva de demanda apresenta diferentes elasticidades ao longo de sua curva. Tudo dependerá do preço e da quantidade em que estamos analisando.Partindo da fórmula acima Epd = Q%:
P%

Temos : Q %= Q/Qi

: P%= P/Pi

Logo: Epd = Q% = Q x Pi
P P Qi


Sabendo que ( Q/ P) representa a inclinação da curva de demanda (- b’), isto é, o inverso do coeficiente da curva de demanda inversa ( 1/ P/ Q = 1/-b).

Considere a seguinte curva dedemanda (não a inversa!!!): Q = a – b’P. Se introduzirmos a equação na última fórmula de elasticidade, isso resultará na seguinte configuração:
Epd = -b’P = -b’P
Q a - b’P




Quais as conseqüências para o produtor (empresário) trabalhar num mercado elástico ou inelástico?

As consequências são os reflexos na receita do empresário quando da alteração de preço entre os doisperíodos.

Digamos que estamos trabalhando num mercado elástico. Ao aumentar o preço de seu produto, segundo a definição de elasticidade preço-demanda elástica, a variação na quantidade demandada cairá mais que proporcional ao aumento de preço. Logo ele perderá receita no período seguinte, quando comparado ao período anterior. Vamos a um exemplo numérico.

Primeiramente devemos definir areceita total da empresa no período inicial (com o índice zero) pela seguinte equação:

RT0 = P0 x Q0.

Digamos que no período 1 (ou seguinte), um aumento de 0,10 (10%) no preço provocaria uma queda de 0,40 (40%) na quantidade demandada, o que implicaria em queda de 40% na quantidade vendida pelo empresário.

P0 levaria o preço P1 (período seguinte) a seguinte correspondência: P1 = 1,10 x P0...
tracking img