Ei, professor!

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2214 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Ei, professor!

Esse texto visa transcorrer um pouco sobre a obra de Frank McCourt “Ei,professor” e suas possíveis ligações com pedagogos e métodos pedagógicos (apesar de não ser didático e nem teórico).

Ei professor!,
É um livro auto biográfico de Frank McCourt,um professor de Nova York que viveu na miserável pobreza católica-conservadora da Irlanda e esse fato não é deixado de lado aolongo da sua vida docente que durou trinta anos.Usava as suas histórias para prender a atenção de seus alunos e conciliava-a aos temas propostos em aula,malicia que adquiriu com o tempo, já que em sua maioria os questionários eram feitos para se livrar da aula chata de literatura,ortografia e etc.
Lecionou em varias escolas de ensino médio e teve uma curta carreira como professor no ensinosuperior.Em seus anos de trabalho Frank se deparou com escolas técnicas, de moda e por ultimo (e mais prazerosa já que foi ali que o deram total liberdade para lecionar a seu método, mesmo com algumas criticas partindo dos pais e, porque nessa escola havia uma diferença no interesse em geral pois havia um processo seletivo em que poucos conseguiam entrar,equiparado ao nosso vestibular) na escolasecundária de Stuyvesant.
Nesse leque de lugares e pessoas ele usava de sua intuição para sentir a turma e a cada um de seus estudantes e sabia como decodifica-los.Enfatizava sempre que o extraordinário esta no simples e propunha discussões fora do tradicional revelando aos alunos que existe redação e poesia em tudo, relacionando a matéria com a vida real levava aula para a vida e a vida para a aula,instigava a criatividade e nunca dava respostas objetivas.
“Eu já estava sonhando com uma escola onde os professores eram guias e mentores, não capatazes.Eu não tinha nenhuma filosofia da educação especifica a não ser o fato de me sentir incomodado com os burocratas, os superiores, que haviam escapado das salas de aula apenas para perturbar a vida dos ocupantes daquelas mesmas salas de aula, osprofessores e os alunos” (McCourt,FRANK ei professor pp 31). Apesar de admitir não seguir nenhuma filosofia da educação McCourt pode ser associado ao método pedagógico de Dewey que é baseada na idéia que se deve ter democracia e liberdade de pensamento na educação, e que atividades criativas estimulam a experimentação e o pensar por si mesmo.Essa afirmação é evidenciada no texto em que McCourt dizque todos têm o DIREITO de se expressar e que não era preciso reagir a tudo.Teoria que incentiva o pensamento, reflexão, sociabilização e autonomia dos estudantes.
As semelhanças do método usado por McCourt e por Dewey não param por aí, os dois acreditam na importância do educador deve apresentar os conteúdos escolares na forma de questões ou problemas e jamais dar de antemão respostas ousoluções prontas – e nesse ponto também se associa ao Claparède que diz que o professor tem que ser um estimulador de interesse e não apenas um transmissor, propondo exercícios apropriados para despertar ou notificar os poderes- e do crescimento emocional e intelectual e que estão ligados.“Eu fui mais do que professor.E menos.Na sala de aula no ensino médio a gente é sargento instrutor, rabino, umombro pra chorar, disciplinador, cantor, acadêmico de segundo escalão,sacristão ,juiz, palhaço, conselheiro, fiscal de normas de vestimenta, maestro, apologista, filosofo, colaborador, sapateador, político, terapeuta, bobo, guarda de transito, padre, mãe-pai-irmão-irmã-tio-tia, contador, crítico psicólogo, a gota d’água” (Idem,pp 27). Porém essa união estudante-professor deve ser dosada já que aescola é um ambiente artificial a margem da vida.

O professor novato com baixa auto-estima talvez por não seguir nenhuma filosofia da educação nem sempre teve clareza de como ensinar e por isso mesmo o fazia de certo modo intuitivamente deixando-se levar pelas discussões em aula,idéias e grande criatividade.Inclinava-se as pretensões dos alunos que em diferentes salas e escolas mostravam...
tracking img