Educar na adversidade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3069 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de abril de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
EDUCAR NA ADVERSIDADE

Inúmeros são os desafios que o sistema educacional enfrenta para se tornar, de fato, um sistema inclusivo para todo (a)s. Entre outros, identifico como desafios cruciais: a garantia de acesso à educação de qualidade em qualquer nível educacional; o desenvolvimento da educação de professore(a)s com a finalidade de preparar todo(a)s o(a)s docentes brasileiro(a)s paraensinar usando didáticas inovadora que promovam a inclusão de todo(a)s nas atividades realizadas na escola e nas salas de aula e, finalmente, o desafio de formar docentes capazes de educar na diversidade, isto é, capazes de flexibilizar e enriquecer o currículo para ensinar todo(a)s o(a)s estudantes.

Este artigo aborda esses desafios e oferece uma reflexão que indica a articulação entredesenvolvimento da qualidade em educação e formação docente para educar na diversidade por meio do uso de estratégias de ensino que, simultaneamente, rompem com o modelo tradicional de funcionamento da sala de aula e propiciam oportunidades mais igualitárias de aprendizagem para todos o(a)s estudantes.

Garantia de acesso à educação de qualidade em qualquer nível educacional

A qualidade educacionaldo ensino oferecido a crianças, jovens e adultos brasileiros constitui um desafio prioritário para o sistema educacional. Esse desafio se justifica porque, no Brasil, já “atingimos escolas para todos [com a universalização da educação], mas não educação para todos. ” (Ferreira, 2005, p. 05), isto é, ainda existe nas escolas brasileiras um alto índice de fracasso e evasão escolares.

Construirqualidade nas escolas brasileiras significa hoje, ao mesmo tempo, assegurar que o processo de escolarização seja efetivo em termos de aprendizagem para todo(a)s os que chegam às escolas na idade compatível e corrigir a defasagem idade-série, representada por um alto contingente de estudantes, através de programas tais como de alfabetização de jovens e adultos (EJA) e turmas de aceleração.

Oaumento na qualidade da educação oferecida nas escolas representa a melhoria na aprendizagem de todo(a)s os educando(a)s e, consequentemente, o aumento nos índices de aprovação. Portanto, a melhoria na qualidade do ensino representa, inversamente, o combate à exclusão através da redução do fracasso e da evasão escolar.

De acordo com o Relatório de Monitoramento Global 2005 da Educação para Todos– O Imperativo da Qualidade (UNESCO 2005a), a qualidade em educação tende a ser definida com base em dois princípios:
‘o primeiro identifica o desenvolvimento cognitivo dos alunos como o principal objetivo explícito de todos os sistemas educacionais. Conseqüentemente, o sucesso dos sistemas em realizar este objetivo é um dos indicadores de sua qualidade. O segundo enfatiza o papel da educação napromoção de valores e atitudes de cidadania responsável e no provimento do desenvolvimento criativo e emocional.’ (p.17)
Essa definição nos remete a dois elementos fundamentais do processo educacional de cada educando. O primeiro diz respeito à aquisição de conhecimentos de base disciplinar previstos nos currículos nas várias etapas escolares, saberes esses que vão se acumulando em camadas cada vezmais complexas à medida que o(a) estudante passa para níveis educacionais mais elevados. O segundo elemento se refere à educação como um processo de aquisição de valores e atitudes relevantes para a realização do papel social de cidadão.
No contexto educacional brasileiro, apesar da existência de políticas públicas que garantem direitos igualitários à educação (Constituição Federal 1988, Lei deDiretrizes e Bases da Educação Brasileira 1996), inúmeros grupos sociais em situação de desvantagem sócio-econômica permanecem à margem do sistema educacional, como é o caso, por exemplo, de pessoas com deficiências, de crianças e jovens indígenas, quilombolas ou daquelas que vivem em áreas remotas ou nas ruas. Por outro lado, as crianças, jovens e adultos de grupos vulneráveis que têm acesso...
tracking img