Educacao

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2496 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]




SISTEMA DE ENSINO PRESENCIAL CONECTADO
PEDAGOGIA

MIRIAM FONSECA DOS SANTOS TELES













PRODUÇÃO TEXTUAL INTERDISCIPLINAR INDIVIDUAL





















São José dos Campos
2012



MIRIAM FONSECA DOS SANTOS TELES














PRODUÇÃO TEXTUAL INTERDISCIPLINAR INDIVIDUALTrabalho de Portifólio Individual referente às disciplinas do 7ºsemestre do Curso de Pedagogia, apresentado à UNOPAR - Universidade Norte do Paraná, com o objetivo de aprofundar os conteúdos dados em sala de aula, fazendo uma síntese de cada matéria.
Professores: Sandra Reis, Cyntia França, Edilaine Vagula, Sandra Vedoato, Andréa Zompero, Fábio da Silva.













São Josédos Campos

2012

EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS




A Educação de Jovens e Adultos tem sido um assunto muito discutido na formação de professores. Durante os estudos, pudemos entender e aprender sobre qual a importância deste ensino para muitas pessoas. Sabemos que muitos jovens e adultos não concluem seus estudos pelo fato de colocarem outras necessidades como prioridade em suasvidas, e assim desistem de continuar essa caminhada para trabalharem, ou por motivo de saúde ou qualquer outra situação. A EJA foi instituída visando contribuir com essas pessoas, para que deem continuidade de onde pararam em seus estudos e busquem incentivos e motivações para estudarem muito mais. A intenção é formar cidadãos que buscam melhorar em qualidade de vida, de conhecimento, de qualificaçãoprofissional, ou até, para alguns estudar vem apenas cumprir com um sonho que não foi terminado.
Assim, a legislação que, faz referência à EJA é a Lei 5692/71, em capítulo próprio sobre o Ensino Supletivo. Esta modalidade de ensino foi regulamentada tendo as seguintes funções básicas: a suplência, o suprimento, a aprendizagem e a qualificação, mediante a oferta de cursos e examessupletivos. As políticas educacionais relacionadas à EJA têm seu início com a Constituição Federal de 1988, pois é ela que garante, no Título dos Direitos Individuais e Coletivos, o direito à Educação a todos os cidadãos. A Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional – LDB Nº 9394/96, define com mais clareza ao colocar a EJA como Modalidade da Educação Básica: “a Educação de Jovens e Adultos serádestinada àqueles que não tiveram acesso ou continuidade de estudos no Ensino Fundamental e Médio, na idade própria” (BRASIL, 1996).
O exercício da plena cidadania é exercer seus direitos e deveres frente à sociedade global. Percebemos que a prática do educador deve ser aquela voltada para o desenvolvimento do conhecimento do aluno, de forma que ele se interage ao meio e crie suas própriasconclusões. Assim, aprendemos que nós como futuros educadores, devemos priorizar nesse processo a bagagem de conhecimento trazido pelo aluno, ajudando-os a transpor esse conhecimento para o conhecimento letrado.





TECNOLOGIA EM EDUCAÇÃO



Atualmente, o meio em que vivemos está permeado pelo uso de técnicas e recursos tecnológicos, fazendo do computador uma ferramenta que vem auxiliaro processo ensino/aprendizagem nas questões do cotidiano trazidas até a sala de aula. Através dos estudos, vimos o quanto é importante a tecnologia nas instituições escolares, e como diante de uma sociedade tecnológica, nos deparamos com escolas totalmente “atrasadas’ em metodologias de ensino, e até mesmo educadores que sequer sabem trabalhar com tecnologia ao seu alcance.
Recursos como:computadores, televisão, projetores entre outros, não são supérfluos, pelo contrário, são muitos importantes e contribuem muito com uma aula mais dinâmica, melhor formulada e estimulante. Nossos alunos já partilham de muitas dessas tecnologias (celulares, tablets, computadores, videogames, etc.), no entanto, utilizam esses recursos sem objetivo educacional algum, como por exemplo, a TV, pode...
tracking img