Educacao infantil & ludicidade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 15 (3609 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de abril de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
FACULDADE INTERNACIONAL DE CURITIBA – FACINTER

LAURA HIROMI OUYAMA MARTINS
ROSEMARY DA SILVA

A Pratica Pedagogica na Educacao Infantil

BRASILIA

2009

FACULDADE INTERNACIONAL DE CURITIBA – FACINTER

LAURA HIROMI OUYAMA MARTINS
ROSEMARY DA SILVA

A Pratica Pedagogica na Educacao InfantilProdução de conhecimento apresentada à UTA “ INFANCIA E LUDICIDADE” do Curso de Pedagogia da Faculdade Internacional de Curitiba.

Tutor Local: Geiza Garcez Lima dos Reis.
Centro Associado: Taguatinga - DF

Brasília
2009

[pic]

FACULDADE INTERNACIONAL DE CURITIBACURSO: PEDAGOGIA
UTA – INFANCIA E LUDICIDADE
PROFESSORES:
a. Simone Manosso Cartaxo
b. Marília Marques Mira
c. Maria Cristina Trois Dorneles Rau
d. Isis Tavares
e. Monica Vieira
f. Waldirene Sawozuk Bellardo
DISCIPLINAS:
a. Educação Infantil – Fundamentos;
b. Educação Infantil – Metodologias/ Procedimentos;
c. Ludicidade;
d.Metodologia do Ensino de Literatura Infanto-Juvenil;
e. Metodologia para Temas Transversais;
f. Pesquisa e Prática Profissional – Educação Infantil;
ALUNAS: Laura Hiromi Ouyama Martins - RU 321500
Rosemary da Silva - RU 25661

“A pratica pedagogica na Educacao Infantil”

1. INTRODUÇÃO

A articulação entre as disciplinas apresentadaspelos professores na UTA – Infancia e Ludicidade e aplicabilidade das atividades pedagógicas embasadas na concepção teórica foi o tema do estudo para a presente PA.
A educação infantil como base para o entendimento da teoria do egocentrismo de Piaget (1896 – 1980) ‘e o ponto de partida para as investigações. Esse período antecede a fase da cooperação nas crianças entre 00 e 02 anos que,apesar de estarem em companhia de muitas outras, não conseguem se projetar e acham que as suas necessidades são as únicas e precisam ser priorizadas.
Professores, pais, e todos que fazem parte do universo da criança contribuem na construção de seu caráter e são responsáveis, de alguma maneira pela formação cognitiva influenciando na formação do pensamento e da autonomia, na chance daspessoas apresentarem o gosto pela leitura, musica, teatro e a demonstração de afeto, do brincar como maneira de relacionamento.
O outro momento de estudo na investigação da PA foi a fase mais evoluída da cognição, de crianças entre 02 e 06 anos , onde a cooperação, senso de coletividade, de interação e divisão com outras crianças e outras pessoas no seu contexto DCE mundo começa a fazer maissentido. Dessa reprocidade nascem não somente os conceitos morais, mas também o interesse na coletividade; qual o papel das pessoas acerca do grupo em relação ao desenvolvimento cognitivo e a influência sobre os conceitos, como é a interação junto as pessoas que fazem a conecção entre a escola e a comunidade, quais as motivações para essa interação; quais os valores e crenças que a base cultural,social e econômica de cada individuo pode ter sobre a aplicação prática dos fundamentos teóricos; o conceito de INFANCIA no percurso histórico da educação brasileira são as indagações feitas no percurso do estudo da presente PA.

2. A CRIANCA E SEU MOMENTO NA INFANCIA

A criança e um ser diferente do adulto: na maturidade, na idade de cognição, e comportamento inerentes de cadafase. Portanto, não há como tratar da criança analisando somente a idade, há que levar em conta todo o contexto em que ele esta inserido, pois as diferenças e Porém, tirando a idade, o limite entre criança e adulto é complexo, pois este limite está associado à cultura, ao momento histórico e aos papéis determinados pela sociedade . Papéis estes que dependem da classe social-econômica e das...
tracking img