Edgar allan poe

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 14 (3320 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Edgard Allan Poe nasceu em Boston, a 19 de janeiro de 1809. Órfão muito cedo, teve como tutor, John Allan. Ao receber o primeiro prêmio num concurso literário, pelo conto "Manuscrito encontrado numa garrafa”, enceta, então, sua carreira literária, ocupando durante algum tempo, o cargo de redator-chefe da revista Southern Literary Messenger. Ao casar-se, logo perde sua estabilidade material.Abalado pela morte da esposa, em 1847, passa a levar uma vida mais errática, vindo morrer precocemente, aos quarenta anos de idade.
A excentricidade, o caráter de exceção da temática e dos motivos emergentes na ficção poeana é que foram utilizados para dramatizar sua biografia. Não se sabe até onde é verdade ou ficção em suas obras, até onde se mistura vida e obra. Mas o mito que ainda gira em tornode E. A. Poe, já começou após a sua morte.
Após a morte de Poe, o reverendo Rufus W. Greswold, que era de confiança de Poe, publicou um artigo, assinado pelo pseudônimo de "Ludwig". Nesse artigo, sem nenhum motivo, que depois se tornou famoso, denegria a imagem de Poe como profissional e ser humano. Apesar dos esforços dos amigos e colegas que foram em sua defesa, a imagem fornecida pelo artigo de"Ludwig" acabou por marcar sua vida com mistério, loucura e vicio características que pesavam sobre suas personagens.
Esse mito que gira em torno da vida e obra de E. A. Poe deve-se ao fato, de que ele não levou uma vida muito fácil e tranquila: órfão aos dois anos casou-se repentinamente, etc., e outros aspectos ajudava a compor o mito do escritor romântico. Além disso, a grande maioria de seuscontos é relatada em primeira pessoa, o que colabora para essa estranha mistura de vida e obra. Sem contar que, os contos de E. A. Poe, em primeira pessoa, só podemos observar o "mundo" aos olhos do narrador fazendo com que o leitor prenda-se a narração e queira saber o final. Enfim, mas não podemos negar algumas referências de sua vida na sua obra, pois o escritor (profissional) é um ser humano(pessoal).
Dentre os que buscam defender Poe, está W. H. Auden, diz: "Se as musas pudessem exercer influência sobre seus próprios interesses, toda investigação biográfica sobre a vida dos artistas seria provavelmente proibida por lei, e os historiadores do indivíduo teriam de se confinar àqueles que agem, mas não criam - generais, criminosos, excêntricos, cortesões, e outros similares, sobre osquais a informação não é apenas mais interessante, mas menos equivocada. Bons artistas - o artista manqué é outra questão - nunca produzem heróis satisfatórios para os novelistas, porque as histórias de suas vidas, mesmo quando interessantes em si, são periféricas e menos significativas do que suas produções".
Poucas obras foram alvo de tantas críticas e controvérsias, quanto às de E. A. Poe. Napuritana América do Norte de meados do século XIX, suas obras tiveram muitas críticas, os moralistas deploravam a falta de "coração humano" em Poe. A grande reviravolta e reconhecimento ruidoso, Poe não veio receber de seu país, mas de três dentre os maiores poetas da França: Baudelaire, Mallarmé e Valéry - estes representam a tradição em poesia, o simbolismo. E cada um desses poetas recebeuinfluências de Poe, cada um de maneira diferente, e viram em Poe algo que os leitores falantes do inglês não tinham percebido.
Baudelaire começou a ler Edgar Allan Poe por volta de 1847, encontrando em seus contos e poemas que ele próprio havia "vaga e confusamente já pensado em escrever". Desde então, Poe tornou-se uma obsessão. Em 1856, publicou um volume de traduções dos contos de E. A. Poe, a partirdaí a influência de Poe tornou-se uma das mais importantes na literatura francesa. Mallarmé, tomou a si a tarefa da tradução da obra poética poeana, e quanto a Valéry foi responsável pela descoberta e valorização de uma obra que Poe havia escrito um ano antes de morrer, trata-se do "Heureca". Em 1861, F. M. Dostoiévski, fazia apresentação de três contos de Poe, e apreciando o poder de...
tracking img