Economia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1095 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Comportamento do consumidor

As sardinhas hoje despertam a grande curiosidade do consumidor por apresentarem um importante lipídio: o ômega-3, que se julga ser um "protetor" do coração.
O consumo da sardinha está diretamente relacionado ao seu alto valor nutritivo, por conter elevados teores de vitamina A e D, gordura insaturada, proteína de alto valor biológico, sendo também fonte de cálcio efósforo, um pescado com um preço acessível.
Alguns estudos controlados mostram, que o consumo  de sardinhas de forma constante por longo período, é capaz de reduzir o risco de infarto e o nível de triglicérides sérico, além de auxiliar na prevenção de diabetes, osteoporose, enxaquecas, e câncer.
As sardinhas enlatadas conquistam cada vez mais espaço nos supermercados, e atendem consumidoresque visão não perder tempo, e exigem qualidade e praticidade na hora da refeição e que se preocupam com seu bem estar. Embora também tenham preço acessível.


REFERÊNCIAS:
COLEMBERGUE, Janise Pedroso; GULARTE, Márcia Arocha; ESPÍRITO SANTO, Milton Luiz Pinho. Caracterização Química e Aceitabilidade da Sardinha (sardinella brasiliensis) em Conserva Adicionada de Molho com Tomate. Alim. Nutr.,Araraquara v. 22, n. 2, p. 273-278, abr./jun. 2011

Motivos responsáveis pela evolução do produto

Segundo o Ibope Inteligência, que fez a pesquisa para a consultoria Produto do Ano, para os entrevistados da região Sudeste (São Paulo, Rio e Minas), “fazer o consumidor ganhar tempo” é um atributo mais importante do que para os moradores de outras regiões.
“Ninguém tem tempo a perder e as pessoasestão em busca do que é simples prático e rápido”, afirma o gerente de marketing da Gomes da Costa, Luis Manglano. Com essas diretrizes em mente e algumas pesquisas em mãos, a fabricante de pescado lançou a linha saladas de atum Gomes da Costa pronta para o consumo.
“Em nossas pesquisas, descobrimos que o consumidor brasileiro consome sardinha ou atum em lata com macarrão”, diz Manglano. “Entãolançamos o atum com molho de tomate. As pessoas também gostam de patê. E aí colocamos o patê pronto.” Conclusão: essas inovações já respondem por algo entre 10% e 15% do faturamento da Gomes da Costa.
É sempre um risco fazer modificações em produtos tradicionais – principalmente quando envolve altas somas de dinheiro. No caso da Gillette, marca da Procter & Gamble que virou sinônimo de categoriade produto, isso tem dado resultado.

[pic]






Referencias:
Portal de Branding
O sabor da inovação
Fonte: Istoé Dinheiro
Por Eliane Sobral
Publicado em 04 de fevereiro de 2011

Histórico de evolução da Sardinha em lata(Somente a página 214)http://books.google.com.br/books?id=EnKVBHwIJRsC&pg=PA214&lpg=PA214&dq=evolu%C3%A7%C3%A3o+da+lata+de+sardinha&source=bl&ots=283d6F8i0F&sig=sBDYiXJPOmqKs6O3pPS-kE706bg&hl=pt-BR&sa=X&ei=6MpoUI7pEo289gSBmoDgDQ&ved=0CGgQ6AEwCw#v=onepage&q=evolu%C3%A7%C3%A3o%20da%20lata%20de%20sardinha&f=false


Influências da economia

Já há mais ou menos dois meses que os editoriais de economia dos variados jornais brasileiros noticiam que o dragão da inflação está acordando. E o despertador que tirou este monstro de sua hibernação foi a alta dospreços dos alimentos da cesta básica. A partir daí parece ter começado um inevitável efeito dominó.
É verdade que existem fatores econômicos que certamente influenciaram esta alta de preços. Mas há também fatores tributários que pressionaram a cesta básica no Estado de São Paulo e, consequentemente, a inflação.
Até 2007, alguns produtos alimentícios contavam com alíquota reduzida de 7%, logo,caso fossem adquiridos em operação interestadual, eram tributados a 12% (na compra) e revendidos a 7%, sem a necessidade do estorno proporcional do crédito (artigo 53 do RICMS/SP). Os produtos em questão são: um arroz, farinha de mandioca, feijão, charque, pão francês ou de sal e sal de cozinha; duas linguiças, mortadela, salsicha, sardinha enlatada e vinagre.
O referido artigo 53 foi revogado...
tracking img