Economia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1265 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
MÓDULO 3

A RENDA NACIONAL SEUS COMPONENTES E SEU FINANCIAMENTO

Política Macroeconômica

• CONJUNTO DE MEDIDAS GOVERNAMENTAIS

– inflação
– desemprego
– crescimento
– orçamento público
– contas com mercado externo

Contabilidade Nacional

Objetivo _ Relacionar os agregados econômicos e medir seu valor

O MAIS IMPORTANTE
O Produto ou Renda Nacional

valor total de todos osbens e serviços finais produzidos descontando-se os bens e serviços intermediários

Doméstica
Empresas
Compras de consumo
Salário, juros, lucros, etc.
Serviços produtivos
Bens e serviços

Valor Adicionado

É o valor do PRODUTO MENOS O CUSTO DOS PRODUTOS INTERMEDIÁRIOS comprados de seus provedores externos.

Os Principais Agregados da Contabilidade Nacional

• Consumo privado (C)
•Consumo público (G)
• Investimento (I)
• Exportações Líquidas (NX)
– Exportações menos Importações

PNB e PNL

PNB = C + G + I + NX
bruto

PNL= C + G + I + NX
líquido

Investimento

• Bruto

– gastos em novas plantas e equipamentos mais a ariação de estoques.

• Líquido

– investimento bruto menos depreciação ou amortização

PNL = PNB – depreciação

A Renda NacionalDisponível (RND)

A partir do PNB ou RN obtém-se a RND
Renda Nacional Disponível = RN + Transferências
líquidas do resto do mundo

RND = RN + T.f.r.m

O Consumo e o Investimento

• Gastos de Consumo
• Gastos de Investimentos
• A demanda agregada refere-se ao nível de gasto global da economia

Demanda
de
Investimento
Demanda
de
Investimento
Demanda
de
consumo
Demanda
de
consumogasto ou
demanda
agregada
gasto ou
demanda
agregada


A Renda Nacional, o Consumo e a Poupança

• RECEITAS
– consumo
– poupança
• aumentar ou manter o patrimônio familiar
• deixar uma herança aos sucessores
• constituir um fundo para aposentadoria

Os determinantes do Consumo e da Poupança

• CONSUMO E POUPANÇA

em função da renda disponível
– Famílias de Baixa Renda
•necessidades básicas

– Famílias de Renda Média
• induzidas a consumir pelo efeito
“demonstração”
• imitar o estilo de vida

A Renda Disponível

A RENDA DISPONÍVEL É A RENDA COM A QUAL OS INDIVÍDUOS CONTAM, DEPOIS DE PAGAREM OS IMPOSTOS E RECEBEREM OS SUBSÍDIOS.

A Distribuição da Renda: Riqueza versus Renda

A RIQUEZA de um país é o conjunto de ativos físicos, propriedade das economiasdomésticas.

A RENDA de um país em um período determinado é o produto da utilização de recursos produtivos durante esse período.

O Sistema Tributário

• IMPOSTOS

• Imposição do Estado a:
– indivíduos
– unidades familiares
– empresas

• Determinados atos econômicos
– consumo, receitas, lucros

Tipos de Impostos

• Incidência sobre os indivíduos ou sobre os bens e serviços

–Impostos diretos ( IRPF)
– Impostos indiretos ( ICMS)

• Proporção em que os impostos recaem sobre diferentes rendas:

– regressivos
– progressivos
– proporcionais

Tipos de Impostos

IMPOSTOS REGRESSIVOS

Um imposto é regressivo se a porcentagem extraída for
cada vez menor à medida que a renda aumenta.

IMPOSTO PROGRESSIVO

Um imposto é progressivo quando seu percentual se elevaà medida que aumenta a renda.

IMPOSTO PROPORCIONAL

Um imposto é proporcional quando seu percentual for constante em relação a renda

Política Cambial

Alguns conceitos importantes

_TAXA DE CAMBIO – É a medida de conversão de uma moeda em outra moeda;

- Um preço fundamental para economia;
- Afeta a situação:
do mercado externo;
da inflação;
do crescimento da produção._SISTEMAS CAMBIAIS – Sistemas que definem como a taxa de cambio irá oscilar.

Podem ser:
a) câmbio fixo;
b) câmbio minibandas;
c) câmbio livre;
d) câmbio com flutuação suja

SISTEMAS CAMBIAIS

Podem ser: a) câmbio fixo;

- determinada pelo governo e não se altera;
- adotado por países com problemas inflacionários;
- âncora cambial;
- pode perder competitividade.

Podem ser: b)...
tracking img