Economia mundial

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (280 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
A economia mundial vai entrar em uma "nova fase perigosa neste outono", disse, neste sábado (3), em Pequim, o presidente do Banco Mundial (BM), Robert Zoellick, na aberturade uma conferência sobre as perspectivas da China em 2030.

"A crise financeira na Europa tornou-se uma crise de dívidas soberanas, com graves implicações para a uniãomonetária, para os bancos e para a competitividade de certos países", declarou.

"Os Estados Unidos estão enfrentando as questões da dívida, dos gastos e da reforma fiscalpara apoiar o crescimento do setor privado", acrescentou o presidente do BM.

"Em um contexto internacional atual de crescimento fraco e confiança debilitada", Zoellickconvocou a China a acelerar a sua transição de um modelo impulsionado pelos investimentos e exportações para outro mais centrado no consumo interno e na inovação. Tambémconvocou o país a buscar "a integração social, para superar a divisão entre a população urbana e a rural".

Segundo Zoellick, em julho deste ano, o Banco Mundial classificou aChina na categoria de economias de renda média superior. "A China está bem situada para se unir ao grupo de países de alta renda em 15 ou 20 anos", afirmou, que permanece naChina até segunda-feira.

"Os países de renda média não podem depender de modelos de crescimento que funcionavam quando eram pobres, porque então se arriscam a perder acompetição com os países de salários baixos e com os países de renda alta em relação à inovação e mudança tecnológica", advertiu.

Os sócios comerciais da China, começandopelos Estados Unidos, pedem que Pequim reavalie sua moeda, o iuane, para equilibrar uma balança comercial amplamente em superávit para a segunda maior economia mundial.
tracking img