Economia mineral

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2514 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Atividade 1

Visite o web-site dessas instituições de ensino e veja qual o conceito de economia mineral que elas adotam. Após a visita nos Web sites das instituições propostas segue o conceito mineral que cada uma adota:

Respostas:
Michigan Tech (EUA) – A universidade Michigan Tech, possui uma proposta de preparar o aluno diretamente para o mercado de trabalho, focando principalmente aspesquisas tecnológicas com estrutura internacional. Possui programas de intercâmbio com perspectivas boas de emprego. Em uma de suas metas ela cita a pesquisa de classes mundiais, bolsa de estudos, visão empreendedorista e a criatividade visando promover o desenvolvimento econômico e social sustentável em Michigan e no mundo.Pelo web site pode-se observar que é uma universidade com boa estrutura.Universidade do Witwatersrand (África do Sul) – A universidade do Witwatersrand é uma das melhores da África com reconhecimento internacional. Possui um campus muito bem estruturado focado em pesquisas tecnológicas e no intercâmbio internacional.
Universidade Católica em Santiago (Chile) - A Universidade Católica possui com um dos pontos principais o campo da pesquisa, vinculado sempre a igrejacatólica ela propicia o intercâmbio entre os países com um campus bem estruturado oferece grandes oportunidades para a vida acadêmica e profissional.
Escola de Minas do Colorado (EUA) – É uma Universidade pública que tem como foco a pesquisa e a preparação profissional para o mercado, oferece programas de graduação para alunos estrangeiros, além de ser uma Universidade histórica e tradicional.Escola Australiana Ocidental de Minas (Austrália) - A Escola de Minas da Austrália Ocidental (WASM) foi fundada em 1902 como uma escola terciária especializada em assuntos diretamente relacionados com a Western Australian indústria de mineração. A maioria dos estudantes dos programas são meados de carreira profissionais de recursos do setor mineral com o objetivo de ampliar suas habilidades paraparticipar da mais alta administração ou tomada de decisões em empresas do setor governamental ou privado. Cerca de 30% dos alunos são engenheiros de minas, 30% são geólogos e 15% são metalúrgicos. O restante são uma mistura de comércio / negócios, economia e licenciados em Direito. A idade média dos alunos é de 33 anos, sendo a maioria da região, e o restante de outras partes da Austrália e deoutros países. A Escola Australiana é uma das maiores responsáveis pela formação de alunos que após graduados ocupam os mais altos cargos das importantes indústrias do setor minerario no país.

Atividade 2

Os indicadores da Figura 3 são muito usados. Nesse sentido, verifique qual a participação do setor mineral no PIB e nas exportações brasileiras para o ano de 2006. Para isso, consulte os sitesdo IBGE (www.ibge.gov.br), para verificar o valor do PIB; do DNPM (www.dnpm.gov.br) para o valor da produção mineral e do MDIC- Sistema Alice (http://aliceweb.desenvolvimento.gov.br/) para informações sobre importação e

Resposta
O saldo balança comercial brasileira, de acordo com os dados do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior - MDIC atingiu US$ 46.074 milhões FOB em2006, o que representou uma variação de 3,07% em relação ao ano anterior. Em 2006, o Brasil exportou o equivalente a US$ 137.471 milhões FOB, 16% a mais do que em 2005. Já as importações atingiram o valor de US$ 91.398 milhões FOB, crescendo 24% e superando o crescimento ocorrido nas exportações, em função principalmente, do aumento do investimento produtivo por meio de importação de bens decapital.
No que tange a balança comercial do setor mineral, os dados do MDIC indicam que o saldo comercial, que cresceu 21,28% em relação a 2005, atingiu US$ 11.762 milhões FOB, contribuindo com 25,53% do saldo comercial brasileiro.
Gráfico 1 – Balança Comercial Brasileira: Setor Mineral e Demais Setores – 2005 e 2006
Valores Nominais - US$ Milhões FOB

Fonte: MDIC/SECEX. Elaboração: DNPM /...
tracking img