Economia keynesiana

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (264 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Economia keynesiana

John Keynes (1883-1946) procurou apontar soluções para a crise do mundo capitalista.
Ele explicava que o valor dos bens e serviços produzidos pelasempresas, tem uma contra partida de renda, que são os salários, os juros, alugueis impostos e lucros. Essas rendas encaradas como custo pelas firmas, na verdade vão ser novosgastos e serviços.
Seu raciocínio vale para a economia em seu conjunto de emprego, a economia estará impossibilitada de produzir em níveis mais altos. Esse é o fluxo circularde produto e renda, o funcionamento não é automático e possui vazamentos, que ocorrem com as importações e pagamentos de impostos.
Para compensar os vazamentos em caso derecessão é preciso que:
a) Os bancos elevem seus empréstimos para consumo e investimento
B) As exportações sejam estimuladasc) Que o governo aumente seus gastos
Keynes preferia que os gastos do governo fossem gastos em áreas sociais, como escolas, estradas e hospitais , que acabariambeneficiando também o setor produtivo .A teoria de Keynes foi baseada na rigidez de salários devido a existência de contratos .Como os preços são relativamente inflexíveis, pelaconcorrência e a própria recessão, o ajuste, para evitar maiores quedas do nível de lucro é feito pela demissão de trabalhadores .Este é o desemprego keynesiano , ou desempregoinvoluntário .Keynes promoveu uma revolução na economia ,opondo-se principalmente ao MARXISMO e ao CLÁSSISMO Substituiu os estudos clássicos pelo raciocínio na economia,analisou a economia e restabeleceu o contato com a realidade . Suas obras desenvolveram os estudos não só no campo econômico , mas nas áreas de contabilidade e da estatística sua
tracking img