Economia-de-mercado

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 15 (3749 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Maynard

Introdução
O curso de Economia e Mercado tem por objetivos

Keynes

(macroeconomia),

Schumpeter

(inovações) etc.

compreender os fundamentos do Sistema Econômico,
debater

a

extensão

dos

problemas

brasileiros

e

internacionais de natureza econômica, estudar as bases da
economia brasileira atual e da economia internacional,
enfocando o aspecto daglobalização dos recursos naturais
e financeiros para o desenvolvimento sustentável da macro
e microeconomia do país.
A palavra portuguesa “economia”, deriva do grego antigo
“oikonomia”, que significava “governo e administração da
casa e da família” – “oikos”, casa “nomos”, lei. Aristóteles
(384-322 a C).
A face atual das Ciências Econômicas começou a ser

Cap. 1

Conceito de EconomiaDevido à complexidade dos problemas que envolvem o
comportamento do homem, existem conceitos diferentes
para a economia. A cada época, devido às concepções
políticas-ideológicas de cada sociedade, pode-se observar a
economia sob um ângulo diferenciado.
Na medida em que novas preocupações de ordem
econômica ao surgindo na vida do homem, o seu conceito
vai evoluindo.
No presente trabalho,adotaremos o seguinte conceito
de economia:

moldada por Adam Smith (1723-1790), quando este
economista escocês elaborou, pela primeira vez “um
modelo abstrato completo e relativamente coerente da
natureza, da estrutura e do funcionamento”, de um sistema
econômico. Outros economistas também se destacaram,

“A economia é a ciência que estuda as formas
de comportamento humano resultantes darelação existente entre as ilimitadas
necessidades a satisfazer e os recursos que,
embora escassos, se prestam a usos
alternativos”. (ROSSETTI, 1977. p. 52)

depois e mesmo antes de Adam Smith: Françoies Quesnay

A partir deste conceito, pode-se verificar que a

(sistema econômico), Jean Baptista Say (a mão invisível),

preocupação básica da economia se refere aos escassos

ThomasRobert Malthus (controle da natalidade), David

recursos para atender as necessidades ilimitadas.

Ricardo (valor da terra), Karl Marx (mais valia), John

Tal conceito demonstra que a economia considera o
fato de que se pode ter necessidades ilimitadas para
1

satisfazer e que os recursos para tal fim são escassos.

c) Tecnologia: entendida como a maneira de se fazer

Nesse caso, tem-seque escolher a melhor alocação dos

as coisas e não os objetos empregados para faze-

recursos capazes de produzir o necessário para satisfazer

las, por exemplo, os programas de computadores e

as necessidades.

não os computadores, como máquinas;

Essas escolhas são feitas pelos agentes econômicos.
São agentes econômicos:

d) Capital: tanto pode ser o dinheiro em si, chamado decapital financeiro, como os meio de produção



Unidades familiares,

(prédios, máquinas, computadores etc.), conhecidos



Empresas e

como capital produtivo.



Governo

A economia procura examinar as opções viáveis que se
apresentam aos agentes econômicos para empregar os
limitados

recursos

sob

comando,

tomando

decisões

racionais diante de váriasalternativas.

1.1 Fatores de Produção

1.2

O problema fundamental da

economia
Segundo Rossetti (1977), o problema fundamental da
economia está relacionado ao conflito entre os recursos
limitados e as necessidades ilimitáveis. Em outras palavras,
o problema fundamental da economia se refere à escassez
dos recursos de produção.
Quando não se tem abundância relativa dos recursos

Fatoresde produção são os recursos que as pessoas
e, conseqüentemente, a sociedade (que pode ser um país,
um Estado, etc) dispõe para a produção de qualquer bem
ou serviço. Eles se dividem em quatro categorias:

de produção, as necessidades não são completamente
satisfeitas. Se todos os bens fossem livres, a disponibilidade
ilimitada de recursos seria de tal ordem que a obtenção de
quaisquer...
tracking img