Ead no brasil

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (301 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Morte de Getúlio Vargas
Getulio Vargas suicidou-se em 24 de agosto de 1954 com um tiro no coração, em seu quarto, no Palácio do Catete, na cidade do Rio de Janeiro, então capitalfederal. Getúlio Vargas foi um dos mais controvertidos políticos brasileiros do século XX. Sua influência se estende até hoje. A sua herança política é invocada por pelo menos doispartidos políticos atuais: o Partido Democrático Trabalhista (PDT) e o Partido Trabalhista Brasileiro (PTB).
Getúlio fazia um grande sucesso com o povo, já com os partidos políticos nãopodia se dizer o mesmo. A UDN, União Democrática Nacional, fazia grande oposição a Vargas pois achava que o mesmo poderia dar novamente um golpe político semelhante ao que deu origem aoEstado Novo. O Político Carlos Lacerda foi o seu mais veemente adversário político.

Os partidários de Getúlio sabendo das ações que Carlos Lacerda seria capaz de fazer, decidiramatentar contra a vida dele. Foi planejado um atentado mal sucedido contra Carlos Lacerda onde somente o seu acompanhante, o Major da Aeronáutica, Rubens Vaz, foi vitimado.

CarlosLacerda e Rubens Vaz foram alvejados por um pistoleiro que segundo as investigações era Gregório Fortunato, membro da guarda pessoal de Vargas.

Getúlio Vargas afirmou que não tevenenhuma participação no Atentado da Rua Toneleros. Ele afirmou que o crime foi planejado sem o seu conhecimento.

A oposição não acreditou e junto com a Aeronáutica exigiu a imediatarenúncia de Vargas.

Getúlio Vargas recusou-se a tomar tal atitude e preferiu tomar outra mais drástica. Em 24 de Agosto de 1954 no Palácio do Catete, Getúlio Vargas suicidou-se com umtiro no peito.

Vargas deixou uma carta escrita onde dizia; Saio da Vida para Entrar na História.

O restante do mandato de Getúlio Vargas foi cumprido pelo seu vice, Café Filho
tracking img