Dize-me quem consultas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (601 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
POSSENTI, Sírio. A cor da língua e outras crônicas de linguista. São Paulo: Mercado das Letras, 2006.

DIZE-ME QUEM CONSULTAS...

A falta de perspectiva histórica dificulta a compreensãoaté da possibilidade de diferentes visões de mundo. Imagine-se então a dificuldade de compreender a idéia mais ou menos óbvia de que mesmo verdades podem mudar. Temos vontade de rir quando ouvimos que osantigos imaginaram que a Terra repousava sobre uma tartaruga, nós que aprendemos que a Terra gira ao redor do sol. “Como podem ter pensado isso, os idiotas?” pensamos.
Você sabia que estahistória dos quatro elementos nos quais hoje só acreditam os astrólogos foi um dia a verdadeira Física, a forma científica de explicar fatos do mundo, suas mudanças, por que corpos caem ou sobem? Antes dagravidade, os elementos eram soberanos!
Vou contar duas histórias fantásticas. A primeira: na peça A vida de Galileu, Brecht faz o físico convidar os filósofos a sua casa para verem as luas deJúpiter com sua luneta. Mas, em vez de correrem logo para o sótão para ver a maravilha, os filósofos propuseram antes uma discussão “filosófica” sobre a necessidade das luas... Quando Galileu lhespergunta se não crêem em seus olhos, um responde que acredita, e muito, tanto que releu Aristóteles e viu que em nenhum momento ele fala de luas de Júpiter!
A outra história é a de um botânico doinício da modernidade que pediu desculpas a seu mestre por incluir no livro espécies vegetais que o mestre não colocara no seu. Ou seja: mesmo vendo espécies diferentes das que constavam nos livros,esperava-se dos botânicos que se guiassem pelos livros, não pelas coisas do mundo. Era o tempo em que se lia e comentava, em vez de observar os fatos do mundo.
Muita gente se engana, achando queesse período terminou, que isso são coisas dos ignaros séculos XVI e XVII. Quem tem perspectiva histórica sabe, aliás, que não se trata de ignorância pura e simples. Trata-se de ocupar uma ou...
tracking img