Diversos rostos da infancia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2522 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de abril de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Apresentação

Apresentaremos “Os diversos Rostos da Infância”, suas características influencias e experiencias vividas e retratadas, o qual nos levara a uma viagem de conhecimento e descobertas e sobretudo questionamentos. Esse trabalho tem por objetivo apresentar os diversos rostos da Infância. Analisando a importância do desenvolvimento da infância na construção de uma vida sadia eplena.
Resumo este artigo tem por finalidade mostrar a importância de se respeitar e valorizar as fases de uma criança e o quanto a vivencia pode agregar valores e conhecimento para seu desenvolvimento e sua conduta em sociedade.
Fundamentação teórica a criança nasce inicialmente é egocêntrica, só se interessa por ela mesma para depois que e introduzida em um meio social passa se interessar pelafamília, casa escola ampliando dessa forma seu circuito de interesses até os problemas mais amplos da humanidade Vygostk fez grandes contribuições sobre a aquisição de conceitos espontâneos e científicos, embora estes possam adquirir caminhos diferentes na formação da criança influenciada por variações esterna do meio sociedade e pelas condições internas.

“Lutei para escapar dainfância o mais cedo possível.
E assim que consegui, voltei correndo pra ela.” Orson Welles

Infância,Valores Sociais, na Educação.
Sabemos que, desde Platão, na antiguidade, e depois com maior ênfase na modernidade, a criança é vista como um ser incompleto, insuficiente, inferior, uma vez que representa apenas a ausência da razão, da compreensão ou juízo, devendo, pois, sesubmeter aos adultos que irão moldá-la para o que deve ser. Quanto à infância, corresponde a primeira etapa do desenvolvimento humano, uma etapa passageira, um preparo para a vida adulta, período em que cabe a educação forjar nestas “almas imperfeitas” os valores e ideais da sociedade. Tais imagens foram, ao longo dos séculos, sendo revistas. Deste modo, no século XX, trabalhos como os de Piaget,Vygostky e Wallon, citando aqui aqueles mais conhecidos no meio educacional, foram mostrando como os fatores biológicos e o meio social estão interligados, influenciando-se mutuamente. A criança passa a ser vista como um ser que pensa, que vai, a partir de suas experiências e nas interações com outras crianças e adultos, criando e recriando uma série de idéias e teorias sobre o mundo físico e social.Agamben afirma que se há uma história humana é porque há infância (Bazílio e Kramer, 2003, p. 118). A criança passou a ter um papel muito importante em nossa sociedade, pois é nesta fase de desenvolvimento que se constroe o senso crítico, o cidadão de amanhã. No artigo 227 a Constituição Federal nos afirma que: “É dever da família, da sociedade e do Estado assegurar à criança, ao adolescente e aojovem, com absoluta prioridade, o direito à vida, à saúde, à alimentação, à educação, ao lazer, à profissionalização, à cultura, à dignidade, ao respeito, à liberdade e à convivência familiar e comunitária, além de colocá-los a salvo de toda forma de negligência, discriminação, exploração, violência, crueldade e opressão.” Nossa legislação atualmente busca beneficiar e garantir o desenvolvimentopleno da criança, responsabilizando tanto a família, como a sociedade e o Estado. Sabemos que por maior que seja a responsabilidade da sociedade e do Estado, a Família é a instituição que mais interfere e tem a capacidade determinante de orientar, agregar, condicionar, valorizar e reproduzir os princípios norteadores de nossa vida. Nossa sociedade ultimamente tem sofrido rupturas em seusvalores, por mais que temos inúmeras leis e garantias que visam assegurar o bem star de nossas crianças e o desenvolvimento satisfatório de sua infância, não é isso que temos notado em nosso cotidiano, muitos são os fatores que tem abalado a infância, alguns exemplos são: famílias desestruturadas, drogas, álcool, prostituição, pedofilia, mau uso da tecnologia, falta de diálogo, escolas despreparadas,...
tracking img