Diversidade cultural

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 14 (3405 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
FACULDADE INTERNACIONAL DE CURITIBA – FACINTER

PRODUÇÃO DE APRENDIZAGEM

Campinas, São Paulo
2011

PRODUÇÃO DE APRENDIZAGEM


Produção de Aprendizagem



Campinas, São Paulo

2011

SUMÁRIO

1.Introdução......................................................................................
2. Desenvolvimento..................................................................
2.1- Diversidade Cultural
2.2- Educação de Jovens e Adultos (EJA)
3.Considerações Finais..........................................................................................
4.Referenciasbibliográficas......................................................................................

Justificativa

Antes de pensarmos no tema, analisamos a consciência fonológica e alfabetização nos dias de hoje.
Essa decisão faz sentido, quando concebemos a alfabetização como um processo no qual o aprendiz vai construindo e reconstruindo suas idéias sobre o sistema de escrita. Um longo processo que não ocorre só na Escola, mastambém na vida e no mundo, como já dizia Paulo Freire, pois a escrita está por toda parte no meio urbano. Portanto, desse ponto de vista, aprender ou não, a ler e escrever, passa a não só ter acesso a informação sobre a escrita dentro de situações de aprendizagem intencionalmente planejadas pela professora, para ajudar a criança avançar em seu processo de alfabetização, mas tambémter ou não oportunidade de participar, de alguma forma, de práticas sociais mediadas pela escrita.
E como planejar situações didáticas que problematizem as hipóteses infantis e favoreçam a consciência fonológica, sem abrir mão de situações de uso da linguagem/escrita?
Em Língua Portuguesa no PCN diz:
• Unidade de trabalho: texto.
• Blocos de conteúdos: - Língua Oral(prática de escuta e de fala)
-Língua Escrita (prática de leitura e de produção de textos)
• Análise e reflexão sobre a língua: aspectos discursivos e notacionais.
• Eixo: USO → REFLEXÃO → USO
A consciência fonológica envolve habilidades metalingüísticas que exigem que a criança possa ser confrontada com tarefas em que é solicitada aidentificar ou produzir um dos fonemas de uma palavra, subtrair uma sílaba ou um fonema de uma palavra, contar sílabas ou fonemas ou arranjá-los de outro modo etc.
Assim compreendemos dois níveis:
• A consciência de que a língua falada pode ser segmentada em palavras; as palavras, em sílabas e as sílabas, em fonemas.
• A consciência de que essas mesmas unidades repetem-seem diferentes palavras faladas.
Concluímos, portanto que a consciência fonológica, ou lingüística é a capacidade de não usar a língua para falar, articular, mas de dar significado à língua, que faz diferença no ponto de vista lingüístico.
Pensamos então, em trabalhar com crianças do 1° ano do ensino fundamental, com textos do gênero “Parlendas”, onde é de conhecimentopopular e o “jogo” de palavras, versos e rimas colaboram bastante com segmentação das frases, sintagmas, palavras, rimas, sílabas, unidades intra-silabas, fonemas/letras. A duração desse projeto, pode levar até um bimestre, dependendo dos desdobramentos que forem surgindo com a turma, ou até mais tempo.
Para tanto, escolhemos o livro “Salada saladinha”, que se trata de um livro deparlendas, que já foi trabalhado por uma das integrantes do nosso grupo e que deu muito certo, com resultados satisfatórios e que ao nosso ver trabalha com as questões solicitadas no livro texto de Língua Portuguesa e para que o trabalho fosse mais rico, sugerimos que cada criança poderia ter o seu, para que esse trabalho acontecesse de forma mais prazerosa e eficaz....
tracking img