Direito

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 52 (12964 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
CENTRO UNIVERSITÁRIO METODISTA IZABELA HENDRIX

Daniel Gualberto

O JULGAMENTO

Belo Horizonte - Minas Gerais
Setembro/2011

Daniel Gualberto

O JULGAMENTO

Resumo do Livro de Libêncio José Mundim da Fonseca. Curso de Graduação em Direito, área Penal do Centro Universitário Metodista Izabela Hendrix.

Professor JoãoLopes

Belo Horizonte – Minas Gerais
Setembro/2011

SUMÁRIO

1. BONS TEMPOS 4
2. NAMORO FIRME 5
3. A INTRIGA 6
4. DESAGREGAÇÃO 7
5. O CRIME 9
6. O VELÓRIO 11
7. O INQUÉRITO 12
8. DOUTOR BIELA 13
9. NEGOCIATAS 14
10. LUSTRANDO O CRIMINOSO 15
11. A INQUIRIÇÃO 16
12. O BILHETE 17
13. PROVA SUBSTITUÍDA 19
14. TESTEMUNHAS 20
15. DENÚNCIA 21
16. INTERROGATÓRIO 2317. PRONÚNCIA 24
18. ENGAVETAMENTO DO PROCESSO 26
19. A CORREIÇÃO 27
20. CONSELHO DE SENTENÇA 29
21. PREPARAÇÃO PARA O JURI 30
22. O JÚRI 32
23. O RECURSO NO TRIBUNAL 37
24. A DESCOBERTA DA TRAMÓIA 39
25. NOVO JÚRI 40
26. FINAL 43

27. BIBLIOGRAFIA 44

1. BONS TEMPOS

Jane era a terceira filha de Mozart com Mariana, e cursava o último ano científico no ColégioEstadual. Seu pai é funcionário no armazém de um grande atacadista de cereais, com forte influência na cidade. Sua mãe cuida dos afazeres da casa e costura para fora. Dos irmãos, o mais velho estuda na capital e a irmã que também é mais velha, é casada e tem um filho. Os dois irmãos mais novos estudam no mesmo colégio que ela. Uma família comum, de gente comum, com alegrias e problemas comuns.André esbanjava energia aos dezenove anos. Estudava no colégio dos padres. Fazia inglês. Ajudava a equilibrar o orçamento doméstico entregando jornais a assinantes. Uma vez envolveu-se com maus elementos. Maconheiros. Como esperado, André perdeu a responsabilidade no serviço e na escola. O pai de André ficou furioso, perdeu a paciência e o agrediu. André foi surrado, além de ser obrigado aengolir o maço de cigarros que estava em seu bolso, o que lhe provocou intermináveis e inesquecíveis vômitos. Seu pai ganhava a vida como motorista de caminhão. Viajava muito, deixando com a mulher o vazio, a saudade e também a difícil tarefa de educar os filhos. Ela passava roupa para fora, além de cuidar da casa. A soma dos salários de todos custava a dar para cobrir os estudos dele e da irmã. Paraultrapassar as dificuldades, o caminho a ser seguido era o do trabalho constante e não o da vadiagem, dos maus elementos e do vício. Apesar da brutalidade sabia que o pai tinha razão. Desentortou-se com as pancadas. Não iria perder a confiança que seu pai lhe depositava.
A sorveteria Geladinha era o ponto de encontro dos adolescentes. Ali, Jane e André se viram pela primeira vez, cadaum com sua turma. De vez em quando se olhavam. Na outra semana, no outro domingo, na mesma sorveteria, ambos buscavam-se pelo olhar. Nascia um grande amor.
Dos olhares, dos encontros na sorveteria, floresceu o namoro. Jane saía com as colegas e encontrava-se com André nas tardes de domingo. Ficavam juntos até a hora de voltar para casa. Aí então ela retornava junto com as colegas,deixando-o na sorveteria. Beijinhos de despedida, mãos pressionadas antes de se soltarem, promessas de novo encontro e a saudade que já apertava.
2. NAMORO FIRME

Cansada de namorar às escondidas, Jane resolveu pedir a permissão da família para namorar em casa. Sentou-se com a mãe no quarto de costura e antecipou a conversa que teria com o velho. Queria a aprovação prévia dela, umacompanheira, uma ajuda para convencer o pai.
Quando Mozart chegou, Jane, de supetão, disse a ele que estava namorando com André, estava apaixonada e queria a aprovação dele e da mãe. Diante da revelação, do pedido, Mozart e Mariana entenderam, com simples troca de olhar, que se não permitissem, a filha continuaria a namorar assim mesmo, provavelmente pelas ruas, pelos cantos. Seria bem melhor...
tracking img