Direito

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 17 (4077 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
A EUTANÁSIA

DANIELY NEVES LAURO
TÁCILA BARBIERI
THAÍS MACHADO DE SOUSA
THAMIRYS LUDWIG TEIXEIRA

MAIO/2012
SINOP - MT

DANIELY NEVES LAURO
TÁCILA BARBIERI
THAÍS MACHADO DE SOUSA
THAMIRYS LUDWIG TEIXEIRA

A EUTANÁSIA

Trabalho feito em exigência da Disciplina de Metodologia Científica, do primeiro semestre de Direito matutino da Fasip, sob orientação da professora Edna CostaCavenaghi.

SUMÁRIO

1- INTRODUÇÃO 4
1.1- Contextualização 4
1.2- Problema de pesquisa 4
1.3 Justificativa 4
1.4 Hipóteses 4
1.5 Objetivos 5
1.5.1 Objetivo Geral 5
1.5.2 Objetivos Específicos 5
2. REVISÃO DE LITERATURA 6
2.1 Tipos de eutanásia 8
2.2 Eutanásia como homicídio 9
2.3 Caso de Eutanásia no Brasil 10
2.4 Eutanásia em outros países 11
3. METODOLOGIA 133.1 Caracterização da Pesquisa 13
3.2 População e amostra 13
3.3 Coleta de dados 14
3.5 Cronogramas 14
3.5.1 Cronograma de Atividades 14
3.5.2 Cronograma de custos 14
4. REFERENCIAS BIBLIOGRFICAS 15

1- INTRODUÇÃO

1.1- Contextualização
Este projeto de pesquisa trata de um estudo sobre o direito a vida e suas contradições, no Brasil, analisando situações e suas possíveisatitudes no ano de 2011 estabelecendo comparações e opiniões.

1.2- Problema de pesquisa
Quais os direitos a vida e suas contradições em relação à eutanásia?

1.3 Justificativa

A eutanásia gera muita polêmica nos dias atuais. Por fazer a vida depender de escolhas, geralmente feitas por familiares. Por isso, esse projeto de pesquisa tem como finalidade justificar a eutanásia, esclarecendoconceitos da mesma para auxiliar as famílias dos pacientes, bem como servir de referencia para pessoas que estejam nessa situação.
Para uma maior compreensão do exposto elaboramos um problema cunho cientifico de acordo com os autores: Bacon, Francis, que de fato é a favor da eutanásia. Como também, Singer, Peter, um autor contra esse feito. Por fim, com esse projeto de pesquisa iremos contribuirrealizando um debate entre as famílias que passaram e ainda passam por esta situação. Analisando suas respectivas opiniões e atitudes em relação à eutanásia, para assim, auxiliá-las.

1.4 Hipóteses

a) A eutanásia consiste em abreviar o tempo de vida do enfermo, proporcionando benefícios ao paciente e a família, pois o mesmo geralmente não tem mais vida própria, vivendo apenas pela ajudase aparelhos. Não tendo expectativa de melhoras ou de superação.
b) Toda pessoa perante a lei tem direito a vida, tendo a salvo desde a concepção, os direitos do nascituro. Assim, com a eutanásia esse direito é cessado. Sendo no entanto uma atitude a qual se opõe a lei, uma atitude injusta perante a própria vida.
c) A eutanásia não é uma situação nada fácil, principalmente para osfamiliares que nesses casos tem sempre a esperança de recuperação do paciente, mesmo que os exames médicos comprovem não ser possível.

1.5 Objetivos

1.6.1 Objetivo Geral

* Apresentar uma análise sobre a eutanásia a partir dos direitos a vida em casos distintos.
1.6.2 Objetivos Específicos

* Identificar o ponto de vista da família e do paciente em relação àrealização a eutanásia, compreendendo suas razões para tal ação.
* Analisar a frequência em que a eutanásia é praticada.
* Comparar as razões dos familiares em relação à aceitar ou não a realização da eutanásia.

2. REVISÃO DE LITERATURA

O termo eutanásia teve uma evolução de significado ao longo dos séculos. Seu sentido etimológico- do grego eu (boa) e thanatos (morte)- aponta parauma morte boa, sem dores e sem angustias.
A partir do século XVII, com o filósofo Francis Bacon este conceito se amplia e adquire o seu significado atual, que é o de contribuir para uma boa morte que seja também simples e suave.
O progresso das tecnologias biomédicas possibilitou uma concepção de eutanásia como uma ação ou omissão, por sua natureza e intenções, que busca a morte com o escopo de...
tracking img