Direito

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (274 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Em Rousseau: “... el problema que pretende resolver com el contrato social no es tanto el problema del orden como el problema de la liberdad...” [1] .Para ele, é preciso criar um pacto em que o homem seja mais livre do que no estado de natureza. Este pacto faz gerar a autonomia e a igualdade entre os homens.Portanto, o que é acentuado na filosofia rousseauaniana é encontrar uma forma de estado cuja a força não contradiga a liberdade, onde a alienação dos interessesindividuais só é possível em favor da coletividade e o direito à liberdade nunca pode ser renunciado, nestas circunstâncias “... A passagem do estado de natureza para oestado civil determina no homem uma mudança notável, substituindo o instinto pela justiça e dando às suas ações a moralidade... “. [2] . Assim, somente após o homemingressar no estado civil é que ele tem a liberdade moral e , somente, através dela, o homem pode ser verdadeiramente senhor de si, obedecendo às leis que ele instituiu parasi mesmo e é através do pacto social que “... demos existência e vida ao corpo político (...) São , pois, necessárias convenções e leis para unir os direitos aos seusdeveres, e conduzir a justiça a seu objetivo...” [3]
Assim, as instituições são boas por si mesmas e não apenas como meio para a felicidade e o bem-estar.Desta maneira, Rousseau dar prioridade às liberdades políticas iguais para todos e aos valores da vida pública e considera as liberdades civis como subordinadas aigualdade das liberdades políticas e os valores da vida pública.


Fonte: http://pt.shvoong.com/law-and-politics/1812833-pensamento-rousseau-um-esbo%C3%A7o/#ixzz1v2vavOQm
tracking img