Dimensionamento de rede de esgoto

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2924 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
MEMORIAL DESCRITIVO

Dimensionamento da rede de esgoto:

1. Canteiro de Obras
Atendendo a necessidade de depositar os materiais recebidos antes do início do assentamento, bem como instalar alguns serviços de apoio indispensáveis à construção estão previstos terrenos e construções de galpões próximos a frente de serviço.
A área deverá ser delimitada, cercada e iluminada e ter bom acesso e aexecução do galpão será a critério do construtor devendo permanecer no local o serviço de serraria, sanitário e vestiário.

2. Locação e acompanhamento topográfico
O construtor, tendo em mãos o projeto, deve reconhecer o local de implantação da obra providenciando o seguinte:
a) adensar a rede de RN (Referência de Nivelamento), implantando no mínimo em RN secundário por quadra, e PS's;
b)restabelecer a locação, primeiro reconstituindo os piquetes do eixo da vala e do centro do PV's;
c) demarcar no terreno as canalizações, dutos, caixas, etc, subterrâneos, interferentes com a execução da obra.
O nivelamento será geométrico e é obrigatório o contra nivelamento passando pelos mesmos pontos.
d) Calculo da área a ser loteada.
ÁREA: 513.702,82 m² = 51.370 ha






e)Quantidade de lotes
O loteamento é composto por 195 lotes residenciais, 01 lote Industrial.

f) População a ser atendida.
P = Quant. de lotes X 4 hab/lote (Adotado 4 habitantes por lote)
P = 195 x 4 = 780 hab

g) Consumo per capita de água.
q = 250 l/hab. dia

h) Coeficientes adotados.
K1=1,25 ;
K2=1,5 ;
C=80%.

i) Vazão sanitária máxima.
C,K1, K2, = coeficientes
P = população a ser atendida
q = consumo per capita de água
Q = vazão
Q= c*P*q*k1*k2/86400
Q= 0,80 * 780 * 250 * l,25 * l,5 / 86400
Q= 3,385 l/s

i 2) Vazão da área de lazer
Q= 0,80*60*25*1,25*1,5/86400
Q= 0,025 l/s

j) Extensão total da rede coletora
Σ (Ruas horizontais) + Σ (Ruas Verticais)

L: 6012,23 m

I) Vazão unitária de contribuição deesgoto.

qe=Q/L
qe= 3,385/ 6012,23
qe=0,000563019 L/s.m

m) Vazão de infiltração (Adotado)

qi= 0,0005 L/s.m

n) Taxa total de contribuição.

qt= qe+qi
qt= 0,0006838 + 0,0005
qt= 0,001063019 L/s.m


o) Vazão de Esgoto Total.

Qt =( qt.L ) + q(Indústria) + q(área de lazer)
Qt=( 0,001063019 x 6012,23) + 8 + 0,025
Qtotal = 14,416 l/s


3. Escavação de valas.
3.1.Escavação de valas de até 2 metros.
A vala somente será aberta quando:
a) forem confirmadas as posições de outras obras subterrâneas interferentes, quando existirem;
. b) todos os materiais para a execução da rede estiverem disponíveis no local da obra
As valas que receberão os coletores serão escavadas segundo a linha de eixo, sendo respeitados o alinhamento e as cotas indicadas no projeto.
Asvalas devem ser abertas no sentido de jusante para montante, a partir dos pontos de lançamento por gravidade, caso ocorra presença de água durante a escavação.
A escavação poderá ser feita manualmente ou com equipamento apropriado. Neste a escavação mecânica deve se aproximar do greide, previsto para geratriz inferior da tubulação, devendo o acerto do talude e do fundo da vala a ser feitomanualmente.
A largura da vala deve ser fixada em função das características do solo e da tubulação empregada, da profundidade, do tipo de escoramento e do processo de escavação.
A largura livre de trabalho na vala deve ser, no mínimo igual ao diâmetro do coletor mais 0,60 m, para profundidade de 2 metros, devendo ser acrescida de 0,l0m para cada metro ou fração que exceder a 2m.
A escavaçãopara os poços de vista terão dimensão interna livre, no mínimo igual a medida externa da câmara de trabalho ou balão, acrescida de 0,60m.
Qualquer excesso de escavação ou depressão no fundo da vala deve ser preenchido com material granular fino, compactado.
O material será depositado, sempre que possível de um só lado da vala, afastado 1 m da borda de escavação. Em casos especiais poderá a...
tracking img