Dieta vegetariana

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1973 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Aspectos Negativos
A partir de uma dieta vegetariana inadequada, considera-se o aspecto negativo, que pode ocorrer três problemas em potencial como:
1. Deficiência proteica.
2. Deficiência vitamínica (principalmente a vitamina B12 e Vitamina D);
3. Deficiência de Minerais.
A questão da deficiência proteica que pode ser em quantidade e qualidade.
A concentração aminoácidosessenciais tem por finalidade suprir as necessidades de uma pessoa, considerando-se que a qualidade proteica está relacionada à composição de aminoácidos de uma proteína.
Existe um padrão de proteínas a serem comparadas como a proteína ideal. As proteínas vegetais possuem menos percentual de nitrogênio total sob a forma de aminoácidos essenciais o que demonstra que todas possuem deficiência em um oumais aminoácidos. Nos grãos de cereais a quantidade de lisina é baixa em comparação com outros aminoácidos essenciais. A soja é uma leguminosa pobre em metionina. Estes aminoácidos são identificados como aminoácidos limitantes para as proteínas em questão. Portanto, só é complementado quando o aminoácido limitante de uma proteína é fornecido em quantidades suficientes por outra proteína, com afinalidade de suprir a falta. No intestino é onde ocorre a absorção de proteínas que ocorre através da decomposição destas em frações estruturais, os aminoácidos, que foram complementados em nível de equivalência a partir de diferentes fontes de proteínas de origem vegetal.
A consagrada combinação alimentar de cereais e leguminosas, como arroz e feijão ou outros, que há séculos é mantido pelasociedade é um claro exemplo de complementação sabendo-se que os cereais são boas fontes de metionina e as leguminosas de lisina. Esta combinação ao ser consumida resulta em uma qualidade proteica maior do que qualquer proteína animal.
Segundo o Doutor Young e seus colaboradores do Centro de Investigação Clínica de Nutrição Humana da Universidade de Massachusetts, nos Estados Unidos, “as criançaspodem se desenvolver bem ou até se recuperar de uma grave desnutrição se lhes forem oferecidas dietas bem formuladas baseadas totalmente em fontes vegetais”.
A quantidade de proteína alimentar a ser consumida pode ser um problema em potencial. A digestibilidade é a questão assim como o consumo de proteína dos alimentos. As crianças em especial, os bebês que são alimentados com o leite materno tem umbom desenvolvimento devido a sua composição possuir 6% da energia total e proveniente de proteínas. Segundo Dr. Navarro (2010) as necessidades proteicas são estabelecidas em relação à alta qualidade de proteína animal, que *% de calorias ingeridas por meio de proteínas são considerados um nível de ingestão seguro. Através das leguminosas pode-se obter de 20% a 25% de calorias através deproteínas; o milho, de 10% a 15% a batata de 6% a 9%; e o arroz de 7% a 8%. Observando teoricamente, as dietas elaboradas com leguminosas e cereais possuem quantidades mais que adequadas de proteína.
A digestibilidade das proteínas vegetais em sua forma natural é menor do que as proteínas animais. Pois a proteína derivada do ovo possui uma digestibilidade de 100%, carne e leite e de 89% a digestibilidadee do milho, 93% para o arroz e 90%para a aveia, 82% para os feijões. Por assim ser a questão de adequação proteica diz respeito aos vegetarianos.
Para bebês e crianças que apresentam maiores necessidades de aminoácidos que os adultos. Raramente para os ovolactovegetarianos e os lactovegetarianos é um problema.
Considerando-se a soja como fonte proteica para vegetarianos e de alto valornutritivo, até de baixo custo, excelente disponibilidade em farinhas, concentrados isolados, tofu e leite. Embora há séculos é consumida no oriente e em relação à Europa e Estados Unidos já é mais recente “A quantidade de aminoácidos da proteína de soja é satisfatória, segundo a FAO (Food Ano Agriculture Organization), a soja possui quantidades adequada de aminoácidos essenciais tais como: Histidina,...
tracking img