Dfgahfahdb ajhgsdahdjh dahgdjadgh

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (640 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Aula 2: NOÇÕES SOBRE TEXTO (Instrumental, Medeiros, cap.02)

Texto é um tecido verbal estruturado de tal modo que as idéias formam um todo coeso, uno, coerente. Todas as partes devem estar ligadase manifestar um direcionamento único. Se os elemento da frase que possibilitam a transição de uma idéia para outra não estabelecem coesão entre as partes expostas, o fragmento não se consfigura umtexto.
Unidade, coerência e coesão, são essenciais são essenciais para a existência de um texto. (vide ex. MEDEIROS, J.B. Português. Português Instrumental. p.39)
Tal trecho é um fragmento que não seconstitui texto. Não é possível entender o que o autor quis dizer. Com o texto apresenta várias informações, várias direções: moral, política, social, religiosa, estética; acaba por não constituir umtodo.
Elementos estruturais do texto:
São eles: o saber partilhado, a informação nova, as provas, a referência, o tema e a conclusão.
1. Saber partilhado: é a informação do conhecimento dacomunidade; de modo geral aparece na introdução. Ex. p.40. Veja que o emissor negocia com o leitor, coloca-se num nível de entendimento, estabelece um acordo, para, em seguida, expor informações novas.2. Informação nova: caracteriza-se como uma necessidade para a existência do texto. Sem ela, não há razão para o emissor escrever nada. Porém, a informação nova não exige originalidade total,absoluta.
Voltando ao exemplo anterior, admitem-se como informação nova, os pormenores que o autor do texto expõe: o pai era um homem de ação, que buscava difundir seu pensamento, era polêmico, foi exilado,era pessoa que atuava politicamente. Portanto, o saber partilhado mais a informação nova não são suficientes para a realização de um texto. É preciso acrescentar provas, fundamentos das informaçõesexpostas.
3. Provas: No exemplo citado, o próprio narrador constitui-se numa prova. Trata-se de alguém que conviveu com Júlio de Mesquita Filho. (ex. p.41)
Ao saber partilhado, à informação nova,...
tracking img