Deus como artista

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 14 (3467 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Introdução
Falar sobre os atributos de Deus deve sempre deixar a criatura maravilhada. Deus não apenas possui atributos diretamente identificados com aspectos religiosos, tais como santidade, pureza, verdade, imutabilidade, amor, etc. Nosso Deus é Deus de tudo! Assim sendo, Ele é o Deus perfeito em todas as esferas, imagináveis e inimagináveis do Universo. O Criador Se revela à criatura poraquilo que Ele faz e o que faz é perfeito. Sua criação foi perfeita e em todos os campos. Hoje, a despeito da existência do pecado que nos limita e que também se estendeu à criação, podemos observar o que Deus é. Mesmo que não O levemos em conta como Criador, Deus é perfeito em tudo e em todas as circunstâncias e conhecimentos. Ele é o Deus sem limites de tudo o que existe: astronomia, botânica,genética, informática, física, química, razão, lógica. É o Deus de todas as ciências, do macro e do micro, do que é reduzido e das maiores extensões. É o Deus de todas as áreas: esporte, medicina, direito, trabalho, família, lazer, descanso, etc. Ele é muito mais que o Deus da religião.
 
Onde quer que Deus Se manifeste, Ele sempre Se revela em perfeição. O que Ele faz é harmônico, pleno, equilibrado,de bem, cheio de graça, tem conteúdo e essência. NEle se encontram as perfeições éticas e estéticas. O que Deus faz sempre é belo, bom e perfeito. Como músico, é a essência da mais sublime melodia, das polifonias, dos acordes, dos harmônicos, das vozes, timbres, instrumentos, etc. Como artista plástico, Deus é e manifesta pureza, equilíbrio, sensibilidade, beleza, etc. Como médico, é o maisprofundo conhecedor de todas as estruturas humanas. É o cirurgião dos milagres; é o neurologista que conhece todos os escaninhos do cérebro; é o geneticista que consegue decifrar (e determinar) as cadeias do DNA de cada ser vivo. É o arquiteto e engenheiro que consegue colocar em seus projetos todas as virtudes do prático, útil, funcional, estruturalmente equilibrado e simétrico. É o professor de todasas disciplinas e o único capaz de realmente compreender todas as ciências... Onde vamos parar? Não é possível limitar a extensão do conhecimento e ações de nosso Deus.
 
Tudo o que Deus faz não é somente necessário, proveitoso, conveniente e moralmente bom, mas é também estético e belo. Deus criou tudo e com beleza pura.
 
Mesmo que não consigamos definir com precisão o que é beleza, nãoimplica que ela não esteja, em sua plenitude, nas obras divinas. Se há um lugar em que realmente existe o belo é nas ações criativas de Deus.
 
Nosso conceito de beleza poderá variar no tempo e depender da cultura. “A dificuldade de conceituar o belo acompanha a história da filosofia, desde a Grécia Antiga. ‘Toda beleza é difícil’, indica Sócrates.” Platão entendia a beleza de maneira subjetiva esensorial. Para ele, beleza era o prazer gerado no observador pelas coisas belas. Expondo uma visão objetiva da beleza, Aristóteles afirmou que "as principais formas de beleza são a ordem, a simetria e a definição clara." De lá para cá, as definições de beleza têm pendularmente se alternado entre concepções subjetivas e objetivas.
 
O que é belo para uns é exótico para outros. Depende do quechamamos “gosto”. Ricos e pobres têm gostos diferentes. Brasileiros e ingleses têm percepções próprias do que é belo. A “Mona Lisa” (La Gioconda) retrata uma beleza romântica radicalmente distinta da sociedade consumista pós-moderna definida pela “magreza” feminina. Uma obra de Michelângelo passa por um juízo estético distinto de um quadro de Salvador Dali. De fato, o que define a beleza é apreconcepção filosófica adotada. O romanticismo medieval define e vê o belo diversamente do minimalismo contemporâneo. O que muda é a forma de pensar, a filosofia. No caldeirão filosófico do séc. 21, é tarefa complexa determinar o que é belo. Nunca foi tão verdade o ditado que diz que “há gosto para tudo”. Tomemos como exemplo apenas as manifestações musicais de nossos dias que variam do clássico ao funk...
tracking img