Desvios posturais

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3183 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Ocorrência de desvios posturais em escolares do ensino público
fundamental de Jaguariúna, São Paulo



























Novembro
2012













Ocorrência de desvios posturais em escolares do ensino público
fundamental de Jaguariúna, São Paulo






Trabalho apresentado à Universidade do Grande Rio,como parte dos requisitos parciais para a disciplina (Avaliação Morfofuncional) do Curso de Licenciatura em Educação Física.









Novembro
2012
Introdução
A postura pode ser definida como a posição ou a atitude do corpo em disposição estática ou o arranjo harmônico das partes corporais a situações dinâmica. Uma boa postura é resultado da capacidade que os ligamentos,cápsulas e tônus muscular têm de suportar o corpo ereto, permitindo sua permanência em uma mesma posição por períodos prolongados, sem desconforto e com baixo consumo energético.
Na postura padrão, a coluna apresenta curvaturas normaise os ossos dos membros inferiores ficam em alinhamento ideal para a sustentação de peso. A posição neutra da pelve conduz ao bom alinhamento do abdome, do troncoe dos membros inferiores. O tórax e a coluna superior se posicionam de forma que a função ideal dos órgãos respiratórios seja favorecida. A cabeça fica ereta, bem equilibrada, minimizando a sobrecarga sobre a musculatura cervical.
Em crianças, variações posturais são comumente encontradas no período do crescimento e desenvolvimento, sendo decorrentes dos vários ajustes, adaptações emudanças corporais e psicossociais que marcam essa fase. Penha et al alertam para o fato de que a postura da criança e do adolescente pode ser afetada por vários fatores intrínsecos e extrínsecos, como hereditariedade, ambiente e condições físicas nas quais o indivíduo vive, bem como por fatores emocionais, socioeconômicos e por alterações
consequentes do crescimento e desenvolvimento humano.Hábitos posturais inadequados são transmitidos de geração a geração. Inicialmente, as crianças copiam as atitudes adotadas pelos adultos, sejam elas corretas ou não, e, posteriormente, as incorporam ou modificam. Atualmente, observa-se um aumento significativo na incidência de problemas posturais em crianças de todo o mundo, sendo as causas mais comuns a má postura durante as aulas, o uso incorreto demochila escolar, a utilização
de calçados inadequados, o sedentarismo e a obesidade .
Para Ascher, o comportamento postural da criança durante os primeiros anos escolares é o grande responsável pelos vícios posturais adquiridos, levando-se em consideração a evolução da sua postura ereta, suas condições anatômicas, sua coluna vertebral e as relações estabelecidas com o meio social em quevive. Com uma avaliação minuciosa da postura é possível identificar alterações localizadas em diversos segmentos corporais como: protrusão de ombros, aumento da cifose torácica, inclinações e rotações pélvicas, aumento do ângulo valgo de joelho. Essas alterações, geralmente, trazem consequências prejudiciais à função de sustentação e mobilidade e,
portanto, seu diagnóstico precoce permite umaintervenção eficiente, principalmente tratando-se de um sistema musculoesquelético complacente,como o da criança.
Sendo assim, este estudo tem o objetivo de avaliar a postura de escolares de primeira a quarta série do ensino público fundamental, identificar a incidência de alterações que fazem parte do crescimento normal e as que necessitam de intervenção precoce.


Método
Nesteestudo analítico, descritivo e de corte transversal, participaram todos os alunos de primeira a quarta série do ensino fundamental, regularmente matriculados na escola municipal Prefeito Joaquim Pires Sobrinho, localizada na cidade de Jaguariúna, interior de São Paulo. Os pais e responsáveis pelos alunos incluídos no estudo foram notificados sobre o procedimento de avaliação postural e...
tracking img