Desequilibrio ecologico

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1526 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Poluição
O petróleo do pré-sal ainda não começou a jorrar, mas o impacto da indústria já é sentido por animais marinhos. Eles são os primeiros a serem afetados em caso de derramamento de óleo. Biólogos, veterinários e oceanógrafos estão sempre apostos, pronto para entrarem em ação e prestarem socorro. Eles fazem parte do Centro de Recuperação de Animais Marinhos- uma emergência veterinária quecresce no mundo a medida que a indústria do petróleo ganha escala e explora águas cada vez mais profundas. Mas os pequenos acidentes, aqueles que espalham manchas órfãs no mar, também oferece sérios riscos à fauna marinha. Principais cientistas que estudam o assunto estarão reunidos com representantes de empresas exploradoras de petróleo no 2º congresso latino-americano de Reabilitação da FaunaMarinha. O objetivo é tocar experiências de casos, como a explosão na plataforma British Petroleum, no Golfo do México, que gerou o pior vazamento de petróleo na história dos Estados Unidos; aqui no Brasil, um dos acidentes mais recentes sem causa descoberta onde quase 200 animais foram encontrados cobertos de óleo no litoral do Rio Grande do Sul. Um dos pesquisadores e coordenadores da Instituição,Rodolfo Silva virou referência no assunto, depois de participar de ações de resgate não só na costa brasileira como também nos mares da América Central, Europa e África. Na áfrica do sul, no Treasure, aconteceu possivelmente o acidente com maior impacto sobre aos animais, onde 20 mil pinguins foram afetados. Há outros acidentes mais isolados como o da fábrica de manteiga, que teve seu produtovazado comprometendo a vida de muitas aves.
O centro da FURG é referência no país e tem parceria com a Petrobrás. Como as demais empresas que atuam no país, a estatal e obrigada legalmente a obter uma licença de operação concedida pelo IBAMA. O documento só é autogrado se a empresa apresentar um plano de emergência individual. É nesse ponto que entra a parceria com profissionais da fauna marinha.Segundo a presidente da comissão cientifica do congresso, Valéria Ruapolo, o maior problema e o lançamento de óleo no mar, mesmo em pequenas quantidades. Embarcações menores são menos fiscalizadas jogam com frequência litros de diesel que deterioram a plumagem dos animais. As tartarugas estão dentre os animais marinhos mais afetados pelo lixo, disse Valéria.
O lixo na água é sobre pesca é outrodesafio. Eles reduzem a quantidade de alimentos no oceano e faz com que cada vez mais animais apareçam desabilitados nas areias das praias brasileiras.

Site da Imagem: achetudoeregiao.com.br

DESEQUILÍBRIO AMBIENTAL RESULTA NA PROLIFERAÇÃO DE MICOS EM ÁREA URBANA
Hoje em dia ver um miquinho com aparência inofensiva visitando a janela de uma casa pode causar uma sensação de certaproximidade com a natureza. Algumas pessoas até os alimentam com frutas, estimulando-os a voltarem mais e mais vezes para buscar comida.
Apesar da graciosidade desses animais, a presença de micos em áreas urbanas revela um quadro alarmante de desequilíbrio ecológico.
A migração dessa e de outras espécies, como o Sagui do Tufo branco e o Macaco Prego, se deve principalmente ao desmatamento de florestas,mais especificamente a Mata Atlântica. Além disso, existem outros agravantes, como por exemplo, o fato da população alimentar esses animais. Com a facilidade e a falta de competição, esses animais acabam direcionando suas buscas por alimento na área urbana.
Os desequilíbrios ambientais causados por esses bichos são grandes. Eles acabam causando a diminuição no número de insetos e de pássaros,pois eles também se alimentam dessas espécies.
Ainda existem algumas outras ameaças, como os choques elétricos, já que esses animais se deslocam por fios de alta tensão, além de possíveis atropelamentos. Pelo lado do homem, a maior ameaça está na contaminação por raiva, caso um desses micos o morda.

Site da Imagem: activesystems.com.br

O CERRADO BRASILEIRO...
tracking img