Departamento pessoal

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 14 (3351 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Sistema de Ensino Presencial Conectado
ciências contábeis

elienai lima do nascimento

rotinas trabalhistas e contabilização –
2º semestre

Caruaru
2011

elienai lima do nascimento

rotinas trabalhistas e contabilização –
2º semestre

Trabalho apresentado ao 2º Semestre da Universidade Norte do Paraná - UNOPAR

Equipe de Professores do 2º Semestre

Caruaru
2011

SUMÁRIO1 INTRODUÇÃO 3

2 ROTINAS TRABALHISTAS 4
2.1 CONTRIBUIÇÃO SINDICAL 4
2.2 DESCONTO DE INSS E IRRF DOS EMPREGADOS 4
2.3 FALTAS ..................................................................................................................6
2.4 HORAS EXTRAS 6
2.5 PAGAMENTO E DESCONTO DE RSR 7
2.6 ENCARGOS SOCIAIS - INSS PARTE EMPRESA E FGTS 7

3 CULTURA E CLIMA ORGANIZACIONAL 94 PROCESSO CONTABIL 9
4.1 LANÇAMENTO CONTABEIS NO LIVRO DIÁRIO 10
4.2 LANÇAMENTO CONTÁBEIS NO LIVRO RAZÃO 10
4.3 BALANCETE DE VERIFICAÇÃO 10

5 JUROS COMPOSTOS 11
5.1 TAXAS DE JUROS NOMINAIS 11
5.2 TAXAS DE JUROS EFETIVAS 12
5.3 TAXAS DE JUROS PROPORCIONAIS 12
5.4 TAXAS DE JUROS EQUIVALENTES 12

6 ANÁLISE MERCADOLÓGICA REGIONAL 12
6.1 ANÁLISE DE MERCADO 126.2 DEMANDA, OFERTAE EQUILÍBRIO DE MERCADO 13
6.3 ESTRUTURAS DE MERCADO 13

7 CONCLUSÃO 15

REFERÊNCIA 16

INTRODUÇÃO
O departamento de pessoal é formado por detalhes, não basta saber o valor do salário contratual do funcionários é preciso ter informações de proventos que somados formam a remuneração mensal do empregado. Horas extras, Repouso Semanal Remunerado, são proventos querequer um pouco mais de conhecimento para poder ser compreendido e desta forma ser calculado.
Os valores de piso salarial e a porcentagem de horas extras são muitas das vezes determinados pela Convenção Coletiva do Trabalho (CCT) que é elaborada pelo sindicato da categoria. Na falta do sindicato da categoria é seguido as normas e exigências da Constituição Federal (CF) ou até mesmo pelaConsolidação das Leis Trabalhistas (CLT).
Esses e outros assuntos serão abrangidos no conteúdo deste trabalho.

rotinas trabalhistas
Para a elaboração de uma folha de pagamento é preciso conhecimento de alguns itens importantes, Horas extras, Faltas, contribuição sindical, etc. Esses são proventos e descontos adquiridos que pode ter valores variáveis a cada mês. Vamos aprofundar os nossos conhecimentossobre cada um deles.
contribuição sindical:
De acordo com a Consolidação das Leis do Trabalho (C.L.T. nos artigos 578 a 591) os empregadores estão obrigados a descontar da folha de pagamento do mês de março de seus empregados uma taxa anual no valor de um dia de trabalho com o objetivo de custear as atividades sindicais e valores destinados a Conta Especial Emprego e Salário. Essa contribuiçãoserá recolhida através de títulos bancários e paga na Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil ou aos estabelecimentos bancários nacionais integrantes do sistema de arrecadação dos tributos federais.
DESCONTO DE INSS E IRRF DOS EMPREGADOS:
2.2.1 INSS:
É uma contribuição mensal a Previdência Social feita pelos empregados e empregadores, o valor dos empregados varia de acordo como o salário.VIGENTE A PARTIR DE 01.01.2011
SALÁRIO-DE-CONTRIBUIÇÃO (R$)  |  ALÍQUOTA INSS |
 até 1.106,90 |  8,00 % |
 de 1.106,91 até 1.844,83 |   9,00% |
 de 1.844,84 até 3.689,66 |  11,00 % |

No caso do empregado receber um salário superior ao valor máximo da tabela anterior, só contribuirá com 11% sobre o valor de R$ 3.689,66 desconsiderando o valor que excede.

1.1.1 IRRF:

Deacordo com o site http://www.portaldecontabilidade.com.br/obrigacoes/impostorendaretidofonte.htm
O Imposto de Renda Retido na Fonte - IRRF ou IRF - é uma obrigação tributária principal em que a pessoa jurídica ou equiparada, está obrigada a reter do beneficiário da renda, o imposto correspondente, nos termos estabelecidos pelo Regulamento do Imposto de Renda.
Tabela de IRRF
Base de...
tracking img