Dengue

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 14 (3264 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]
Universidade Federal da Bahia
Instituto de Ciências da Saúde
Departamento de Ciências da Biointeração
Processos Gerais de Patologia I





Letícia Gagliano e Priscila Anjos






Dengue









Salvador
2011
Letícia Gagliano e Priscila Anjos






Dengue



















Salvador
2011
Sumário

1. Introdução 3
2.Epidemiologia 5
3. Manifestações clínicas 9
1. Dengue Clássico 9
2. Febre Hemorrágica do Dengue 9
4. Aspectos Gerais 11
5. Patogenia 12
6. Tratamento, profilaxia e vacina 15
7. Conclusão 16
Referências 17

1. Introdução


O Dengue é uma doença infecciosa causada pelo vírus do dengue, umarbovírus pertencente ao gênero Flavivirus da família Flaviridae. O prefixo ARBO indica que o vírus é transmitido por artrópodes hematófagos. No caso do dengue, o vírus é transmitido pela picada do mosquito fêmea do Aedes aegypti. O ciclo do vírus compreende as formas extrínsecas (a fêmea do Aedes a. pica o homem infectado e ingere sangue com o vírus da dengue. Nas células do mosquito, o vírus sereproduz) e intrínseca (após a picada do vetor infectado a um homem saudável se dá a transmissão do vírus já na sua forma latente).
O ciclo biológico do mosquito começa no cruzamento. Logo após, a fêmea do Aedes aegypti depõe os ovos em locais úmidos e escuros onde tenha água parada. Os ovos passam para a forma de larva que possui quatro fases, depois para a forma de pupa e após 8 a 10 dias passapara a forma alada, que é o mosquito propriamente dito (Figura 1).








A afecção é comumente chamada de “febre quebra ossos” devido ao fato de ocasionar fortes dores nas articulações. É mais predominante em áreas tropicais e subtropicais. As consequências da doença variam de acordo com a sua gravidade relacionada também ao tipo de vírus. O vírus do dengue possui quatro sorotipos:DEN1, DEN2, DEN3 e DEN4. O sorotipo mais virulento é o DEN2, seguido do DEN3, DEN4 e o DEN1. O período de incubação do Dengue varia de 3 a 15 dias, com uma média de 5 a 8 dias.
As manifestações clínicas do dengue são diversas, sendo as mais comuns: febre, cefaléia, mialgias, artralgias, dor retroorbitária, exantema, vômitos e diarréia. Em alguns casos, o quadro se agrava normalmente devidoà circulação de mais de um dos sorotipos e evolui para dengue hemorrágico. O dengue hemorrágico se caracteriza não necessariamente pela presença de hemorragias, o que faz com que o termo seja empregado paradoxalmente.



2. Epidemiologia




No Brasil, a primeira epidemia de Dengue clássico registrada foi no ano de 1986. As maiores epidemias registradas ocorreram nos anos de 1998 e2002 apresentando por volta de 530 mil e 800 mil casos, respectivamente. Outra epidemia surgiu em 2008, porém com números menores que os das outras maiores epidemias.




Tabela 1. Taxa de incidência do Dengue por Região segundo o ano.
Ministério da Saúde. Departamento de Informática do SUS. Rede Interagencial de Informações para a Saúde. Indicadores e Dados Básicos – Brasil – 2009. Rio deJaneiro-RJ: MS, 2009. Disponível em: . Acesso em: 10 nov. 2011.

Fonte: MS/SVS - Sistema de Informação de Agravos de Notificação - SINAN
Notas:
1. Taxa de incidência: casos por 100.000 habitantes
2. Situação da base de dados em agosto/2010.
3. Informações apresentadas segundo local de residência e ano dos primeiros sintomas; consideradas todas as notificações, exceto asdescartadas para dengue, pois em situação de epidemia não é possível investigar todos os casos.
4. Nas tabulações por faixa etária, estão suprimidos os casos com idade ignorada.
5. Informações por idade, capital e região metropolitana disponíveis a partir de 1999.

Legenda:
(-) - Dado numérico igual a 0 não resultante de arredondamento.




As regiões mais acometidas pelo...
tracking img