A filosofia de immanuel kant

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 119 (29628 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
1

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ Carmen Lucia Carlos de Queiroz

O DEVER COMO FUNDAMENTAÇÃO DA MORAL KANTIANA

Fortaleza-Ceará 2009

2

Carmen Lucia Carlos de Queiroz

O DEVER COMO FUNDAMENTAÇÃO DA MORAL KANTIANA

Dissertação apresentada ao Curso de Mestrado Acadêmico em Filosofia (CMAF) da Universidade Estadual do Ceará como requisito parcial para obtenção do título de Mestre –UECE. Área de concentração: Ética. Linha de Pesquisa: Ética Fundamental Orientadora: Profa. Dra. Maria Terezinha de Castro Callado.

Fortaleza-Ceará 2009

3

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ Mestrado Acadeêmico em Filosofia-MAF

Título do Trabalho: O dever como fundamentação da moral kantiana Autora: Carmen Lucia Carlos de Queiroz Defesa em: ____/____/____

Conceito obtido: _____________Nota obtida: _________________

Banca Examinadora

____________________________________
Profa. Dra. Maria Terezinha de Castro Callado Universidade Estadual do Ceará (Presidente)

________________________________
Prof. Dr. João Emiliano Fortaleza de Aquino Universidade Estadual do Ceará (Examinador)

________________________________
Prof. Dr. Kleber Amora Universidade Federal do Ceará(Examinador)

4

DEDICATÓRIA

À Deus, pela coragem e determinação sabendo que grande parte do meu trabalho passa pela sua intermediação. Ao professor João Bosco Rodrigues, pela parcela de carinho, tempo e saber que dedicou à leitura e comentários desta dissertação. Aos meus filhos, Stefano e Kleiton, desejando-lhes um mundo cheio de luz, esperança, conhecimento e sabedoria. À Graça Sampaio,que com determinação digitou esta dissertação. O seu sorriso, muitas vezes, me passou a calma que eu precisava para continuar na construção deste conhecimento.

5

AGRADECIMENTOS

À Profa. Dra. Maria Terezinha de Castro Callado pela importante contribuição nesta dissertação. Espero que continue a cultivar permanentemente a boa vontade que há em si, se dispondo a ajudar a todos apesar dasadversidades e, acima de tudo, perseguindo sempre a excelência em tudo o que faz.

6

RESUMO

Kant elabora o seu conceito de moral fundado em três pressupostos a saber: o homem como ser livre, a educação e a boa vontade, elementos importantes pelo fato de conduzirem a uma legitimação tão somente na razão prática. Desta forma, as bases para a doutrina moral são totalmente a priori sem recorrer aelementos condicionantes ou determinantes da experiência, já que o homem não se vê somente como ser sensível, mas também como pertencente ao mundo inteligível, neste caso, disposto a fazer uso de sua razão para superar a natural propensão ao egoísmo através do esforço no sentido de alcançar a virtude, elevando sua razão aos conceitos do dever e da lei moral. Há então, segundo Kant, um planooculto da natureza como ordem cósmica em dotar o homem de razão, mas que esta intenção, por hipótese alguma, é para fazê-lo feliz, se considerarmos, do ponto de vista lógico, as máximas que regulam o princípio de felicidade são totalmente opostas às máximas exigidas pela moralidade, apresentando uma aparente contradição; entretanto, se considerarmos que, para Kant, a definição de felicidade consiste nasatisfação com nossa própria conduta moral, e, se a entendermos como um dever, contribuiremos com todas as nossas forças para realização do seu Sumo Bem no mundo. Só nestas condições a moralidade pode ser pensada como não isolada do fim último. Esta causalidade da vontade em consonância com a natureza, que age pela representação da lei, mostra que a razão pura, enquanto fonte de conhecimento podetambém e, ao mesmo tempo, ser prática. Porém, o homem deverá, por outro lado, admitir inquestionavelmente a imortalidade da alma e a existência de Deus como garantia daquela conexão. A História assume um sentido teleológico, isto é, é dotada de significado, a partir dela a natureza intenciona preparar a humanidade a estágios mais elevados de civilização onde a sociedade civil deverá ser o lugar...
tracking img