Delta q

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 19 (4632 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Índice
Introdução 2
Historia 3
História do Café 3
História da Delta 4
Conceito de Delta Q 5
Logótipo 6
Os Níveis de Produto de Delta Q 7
A Estratégia Comercial de Delta Q 8
Produto Estratégico 8
Benefícios e necessidades satisfeitas 8
Critérios 9
Psicográficos 9
Demográficos 9
Comportamentais 9
Empresas 9
Posicionamento 10
Posicionamento Delta Q 10
Distribuição10
Produto Operacional 12
Descrição 12
Máquinas 12
Cafés (Estratégia do Produto cativo) 12
Para além do Produto 13
Comunicação 14
Publicidade 15
Preços 16
Distribuição 19
Concorrência 20
Preços Competitivos 21
Conclusão 22
Netgrafia 23

Introdução

No âmbito da disciplina de Marketing Operacional, foi-nos proposto pelo docente António Raiado a realização de umtrabalho, que tem como objectivo identificar e analisar o posicionamento de um produto no mercado, tendo em conta a sua estratégia, as suas características e os seus concorrentes.
Após a pesquisa de vários produtos, a nossa escolha recaiu sobre, a “Delta Q”, marca detentora de um conceito único de sensações e liberdade, e de poder ter no conforto de sua casa o melhor do café.
A nossa escolhaprende-se com o facto de esta marca comercializar produtos com características de qualidade, inovação, com um design inigualável, mas sem dúvida por se tratar de um conceito provindo de uma marca prestigiada e com tanta importância a nível nacional.
Os cafés Delta nasceram em Campo Maior, vila histórica do Alto Alentejo, em 1961, pela mão de Manuel Rui Azinhais Nabeiro, em que na década de 90 aempresa já apresentava as mais avançadas técnicas de controlo de qualidade nas suas instalações. Para além do mercado nacional a Delta atingiu também o mercado estrangeiro.
Delta cafés tem-se verificado a marca de cafés preferida dos portugueses, visto isto e com a evolução do mercado, Delta Cafés foi sentido a necessidade de avançar, sendo assim o conceito Delta Q vem assim preencher o lugar quefaltava em Delta cafés em termos de fabrico e comercialização de máquinas de café e de cápsulas premium.

Historia
História do Café
A planta do café tem origem na Etiópia. Inicialmente usada como comida, é só em 575 a.C. que passa a ser cultivada pelos árabes com o objectivo de ser usada na preparação de uma bebida. 
A maioria das lendas e histórias refere os cafés Arábicas como osprimeiros conhecidos no mundo, remetendo-os para a Antiguidade Oriental, enquanto o conhecimento dos Robustos não passa dos 300 anos. 
A arte da torra e da preparação da bebida a partir das sementes moídas terá sido descoberta na Pérsia nos finais do século XV. O consumo de café na Europa terá sido difundido a partir de 1645, data em que abriu o primeiro café em Veneza. Depois de, em França, ter abertoo primeiro café em 1659, o seu consumo expandiu-se generosamente. 
As “casas de café” tornaram-se lugares influentes, frequentados por artistas, intelectuais, mercadores ou banqueiros, marcando-se desde logo como pólo de actividades políticas e do desenvolvimento da sociedade. Apesar de uma primeira reacção de oposição por parte do Clero, o Papa Clemente VIII achou uma bebida deliciosa,recomendando-a aos cristãos de todo o mundo. 
No séc XVIII, durante o reinado de D.João V, o português Francisco de Melo Palheta conseguiu introduzir o café no Brasil e transforma-lo no maior produtor de café mundial. A partir daí, foi introduzido em Cabo Verde, S.Tomé e Príncipe e Timor. Em Angola, o café já havia sido introduzido por missionários portugueses. Também durante esse século, os primeiroscafés públicos surgiram em Portugal, tornando-se espaços únicos de animação cultural e artística, até ao século XX. 
Em alguns períodos da década de 1980, o café era a segunda commodity mais negociada no mundo por valor monetário, atrás apenas do petróleo. Este dado estatístico ainda é amplamente citado, mas tem sido impreciso por cerca de duas décadas, devido a queda do preço do café durante a...
tracking img