Deixando a energia fluir

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (758 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de junho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Newsletter

de

Dermeval

Franco

Insight
Número 1—Setembro de 2009

As empresas têm uma gravidade, um peso que puxa constantemente em direção à solução de problemas e, conseqüentemente àmediocridade. É preciso lutar contra essa força 24 horas por dia.
Consultoria & Treinamento 1. Projetos de Educação Corporativa 2. Desenvolvimento de Lideranças 3. Desenvolvimento de Equipes deVendas 4. Diagnósticos organizacionais 5. Estruturação de Processos de Gestão de Pessoas 6. Avaliação de Desempenho e por Competências 7. Comunicação interna e endomarketing

Deixando a energia fluirAcho que esta é uma das lições mais simples e básicas para os líderes: descobrir para onde a energia das pessoas quer fluir e trabalhar com isso. Às vezes há uma parte dentro de nós tentando corrigir aspessoas que estão erradas, em vez de construir algo que está tentando acontecer. Parece-me perda de tempo. De um tempo que não temos, porque somos pressionados para obter resultados rápidos. Não seise você já passou por isso em sua vida. Durante aulas ou palestras, há alguns anos atrás, eu tinha um hábito estranho quando estava diante de um grupo de pessoas. Dentre 25 pessoas atentas semprehavia uma de braços cruzados e cabeça baixa. E em quem eu concentrava toda minha atenção? Na pessoa que estava desatenta. Tive que aprender a ter consciência do problema, ou seja, deixar a pessoa ficar láe trabalhar com aquelas que estavam realmente interessadas. É uma das lições mais simples e básicas de todo tipo de liderança em qualquer ambiente: para onde a energia está tentando fluir e comotrabalhar com ela. O falecido maestro Georg Solti em cinco anos de trabalho duro, chacoalhou a Orquestra Sinfônica de Chicago e tirou-a de sua confortável mediocridade para atingir padrões internacionais.O que ele fez? “Analisei os 128 membros da orquestra, achei os 20 que mais se destacavam e buscavam a excelência e trabalhei com estes últimos. Claro, tive de demitir um segundo oboé, mas para a...
tracking img