Deflator implicito do produto

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1036 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
31 B - 11/21/2007 17:14:46

Por Jorge Luiz de Souza
Consultor: H erton Ellery Araújo

INDICADORES
O que é?
Deflator implícito
Chama-se deflator implícito do Produto
Interno Bruto (PIB) o indicador que mede a
variação média dos preços de um período
em relação aos preços do ano anterior.
Ainda que menos citado em relação aos
outros índices de preços disponíveis na
economia (édivulgado apenas nas bases
trimestral e anual), é provavelmente o mais
abrangente, pois considera informações
indisponíveis nos outros índices como, por
exemplo, os preços implícitos da
administração pública.
Especificamente, o deflator implícito do
PIB é a razão entre o PIB Nominal e o PIB
Real. Daí vem seu nome, porque não é um
índice pesquisado diretamente, como são
o Índice Geral dePreços-Disponibilidade
Interna (IGP-DI), calculado pela Fundação
Getulio Vargas (FGV), e o Índice de Preços
ao Consumidor Amplo (IPCA), do Instituto
Brasileiro de Geografia e Estatística
(IBGE), que também calcula o deflator
implícito do PIB.
Ocasionalmente, o deflator implícito se
distancia dos principais índices de preços.

Pnad
Raça e idade fazem diferença
Uma leitura mais aprofundada dosdados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad)
de 2006, separando as informações por idade, raça e sexo e cruzando-as com dados sobre trabalho,
educação e ocupação, mostra com riqueza o que é o povo brasileiro e como ele convive com seus
principais problemas.
Por exemplo, as mulheres brancas são as campeãs em freqüência escolar em todas as idades e
a maior fatia do analfabetismoestá entre homens pardos de 30 a 59 anos. Já as campeãs do
desemprego são as mulheres negras, em todas as faixas etárias, enquanto os homens brancos são
os que ganham salários mais elevados, também em todas as idades. Em compensação, são os homens
negros as maiores vítimas da violência urbana.
Fonte dos gráficos: IBGE/Pnad 2006. Elaboração: Ipea

Demografia
População de 15 a 17 anos de Idade10,2 milhões, por Sexo e Raça
Mulher Ind. & Amar.
36.102; 0%
Mulher preta
305.024; 3%

Mulher parda
2.346.702; 23%

População de 18 a 24 anos de Idade
23,8 milhões, por Sexo e Raça

Mulher branca
2.393.358; 23%

Homem pardo
2.487.161; 25%

Mulher Ind. & Amar.
103.919; 0%
Homem branco
Mulher preta
5.449.809; 23%
834.548; 4%

Homem pardo
5.423.439; 23%

Homem preto367.272; 4%

Homem branco
2.254.860; 22%

Mulher parda
5.276.911; 22%

Homem preto
828.895; 3%

Homem Ind. & Amar.
30.311; 0%

Mulher branca
5.768.797; 25%

Homem Ind. & Amar.
86.140; 0%

Situação de Estudo e Trabalho de Jovens
Por Sexo, Raça e Grupos Etários
Estuda e Trabalha

Estuda e Não Trabalha

Não Estuda e Trabalha

Não Estuda e Não Trabalha

Mulher pretaDeflator implícito
Comparação com os índices de preços
Variação anual (em %)
IGP-DI

IPCA

18 a 24 anos

Mulher parda
Mulher branca
Homem preto
Homem pardo

Deflator implícito PIB
Homem branco

25
20

Mulher preta
Mulher parda
15 a 17 anos

15
10

Mulher branca
Homem preto
Homem pardo

5

Homem branco

0

1996 1997 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006

0%10%

20%

30%

40%

50%

Fonte: IBGE e FGV. Elaboração: Ipea

64

Desafios • novembro de 2007

15 3

60%

70%

80%

90%

100%

32 A - 11/21/2007 17:14:46

Fonte dos gráficos: IBGE/Pnad 2006. Elaboração: Ipea

Educação

Violência

Taxa de Freqüência Líquida
por Sexo, Raça e Grupos Etários (15 a 17 no ensino médio e 18 a 24 no superior)

Taxa de MortalidadeTotal
Por 100.000 hab. por Sexo, Raça e Grupos Etários - Brasil entre 2003 e 2005

15 a 17 anos

70
60

62,60
54,60

50

43,26

43,07

40

32,92

29,75

30

21,75

20

17,24

10
0

18 a 24 anos

5,26

Homem branco Homem pardo Homem preto

8.42

7,51

4,71

Mulher branca Mulher parda

Mulher preta

15 a 17 anos
84,5

18 a 24 anos

85,5...
tracking img