Deflator do pib

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1041 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Apresentação

A teoria macroeconômica deve ser levada à pratica para comprovar sua utilidade e também para cimentar melhor os conceitos e categorias próprias dela, que muitas vezes, vistos só na teoria, aparecem como bastante subjetivas e difíceis de entender. Hoje em dia, toda a movimentação econômica e financeira tem um fundo global determinante (de nível macroeconômico), que devidamenteencaixada com as possibilidades e expectativas do mundo global, empresarial, empreendedores e indivíduos em geral, dão lugar a maiores probabilidades de sucesso e insucesso, tudo devidamente previsto e calculado em função, entre outros, das expectativas da economia para o futuro, entre os que destacam, por exemplo, as previsões do comportamento das principais variáveis macroeconômica, como é o casodo PIB.
Esforçando-nos por simplificar este processo e com as limitações do caso, a seguir apresenta-se um modelo de previsão macroeconômica, bem simples e operacional. Este modelo foi publicado na revista ‘’Bussiness WeeK” de 24/09/1955 e reproduzido posteriormente por Spencer et al (1985, p 23), da qual foi extraída e adaptada para este caso. Neste caso ele foi aplicado para o Brasil dos anos2002-2011 com intuito de fazer previsões para o ano 2012.

Dados de base


O deflator implícito do PIB

Tabela Nº 2
Deflator Implícito do PIB
(A partir da base inicial de 1980 = 100)
Anos Deflator Implícito Taxa de Crescimento Deflator Implícito Taxa de Crescimento
1980 = 100 em % 2009 = 100 em %
2002 2,0897E+13 ----- 50,25 ----
2003 2,3765E+13 13,72 57,1513,72
2004 2,5675E+13 8,04 61,74 8,04
2005 2,7527E+13 7,21 66,19 7,21
2006 2,9219E+13 6,15 70,26 6,15
2007 3,0934E+13 5,87 74,39 5,87
2008 3,3512E+13 8,33 80,59 8,33
2009 3,5920E+13 7,19 86,38 7,19
2010 3,8876E+13 8,23 93,49 8,23
2011 4,1585E+13 6,97 100,00 6,97
Fonte: IPEADATA, 2012 s/p




As variáveis macroeconômicas em valores reais ou constantes


Demanda agregada daeconomia






Taxa de crescimento anual das variáveis macroeconômicas







Parâmetros e indicadores de regressão

Logo, a função consumo, que depende da Renda Variável será:
C = 216.843,8665 + 0,442495129 Yd


Logo, o investimento como função dos lucros empresariais será:
I = -480.935,6262 + 1,38575025202139 U



Logo, os Impostos Indiretos (menos Subsídios eOutros), como função do Produto será:
Ii - Sb = 39895,1053145599 + (-0,0122732139672962)Y



Um modelo para calcular o produto no curto prazo
Tabela Nº 9
Dados básicos para o modelo de previsão de curto prazo
a = 216843,8665 } Função C = a + bY R2 = 0,9763422
b = 0,442495129 Consumo
c = -480935,6263 } Função I = c + dU R2 = 0,7600453
d = 1,385750252 investimento
e =39895,10531 } Função (li - sB) = e +fY R2 = 0,4186744
f = -0,012273214 (li - Sb)
Fonte: tabelas 6; 7 e 8 anteriores


Modelos de previsão de curto prazo

Tabela Nº 12
Terceiro cenário: Cenário pessimista

G = 290069,24 x (1 + 0,00440) => 291346,1273
U = 520560,05 x (1+0,00133) => 527470,8462
Cálculo das outras variáveis macroeconômicas
Investimento de 2012:
I =-480.935.626265045+ 1.38575025202139 U
I = -480.935,62= + (1,39 x 520.560,05)
I = -480.935,62+ 730.942,86
I= 250.007,23
PIB ou Produto:
Y = C + I + G
Y = C + 250.007,23 + 291.346,13
Y = C + 541.353,36
Renda Disponível (Yd):
Yd = Y - (li - Sb)
Yd = C + 541.353,36 - (li - Sb)
(li - Sb) é uma função de Y:
(li - Sb) = 39.895.10 + (-0.01) x (C + 541.353,36)
(li - Sb) =39.895.10 + (-0.01C) + (-6.644.15)
(li - Sb) = 33.250,96 + (-0,01C)
Voltando a Renda Disponível (Yd):
Yd = C + 541.353,36 - 33.250,96 + (-0,01C)
Yd = C + 541.353,36 - 33.250,96 + 0,01C
Yd = C + 508.102,40+ 0,01C
Yd = 1,01C + 508.102,40
O consumo de 2012:
C = 216.843,8665 + 0,442495129 Yd
C = 216.843,86 + 0,44 x (1,01C + 508.102,40)
C = 216.843,86 + 0,45C + 224.832,84
C =...
tracking img