De um ditador civil aos ditadores militares

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3070 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
DE UM DITADOR CIVIL AOS DITADORES MILITARES
Franciel José Ganancini*

Resumo: Este artigo aborda uma parte da história política do Brasil, situando o período
compreendido entre os governos de Getúlio Vargas, a partir de 1930, e o golpe civil-militar de
1964. O referido período esteve marcado por profundas mudanças econômicas, políticas e
culturais, seja no Brasil, seja no restante do mundo.No artigo abordaremos a ascensão de
Getúlio Vargas, o seu relacionamento com os militares, bem como o fortalecimento das
Forças Armadas e sua atuação na política brasileira do século XX.
Palavras-chave: Getúlio Vargas. Forças Armadas. Golpe de 1964.
1 Introdução
Getúlio Vargas foi, possivelmente, o personagem mais marcante da política brasileira
ao longo do século XX. Figura polêmica, seuespectro permanece ainda hoje na política
brasileira, principalmente quando se observa no atual governo elementos da retórica
desenvolvimentista e da prática política trabalhista que rementem à figura de Getúlio Vargas.
Nas décadas de 1950 e 1960, mesmo depois de sua morte, a política brasileira dividia-se entre
os apoiadores do legado de Vargas e aqueles que combatiam o seu “populismo”. Nãoresta
dúvida de que, embora tenham derrubado o presidente João Goulart, em realidade era Getúlio
Vargas e seu legado que os militares tencionavam derrotar em 1964.
Discutiremos neste artigo uma parte da história política do Brasil, situando o período
compreendido entre os governos de Getúlio Vargas, a partir de 1930, e o golpe civil-militar de
1964. No panorama a ser apresentado no artigo,abordaremos a ascensão de Getúlio Vargas, o
seu relacionamento com os militares, bem como o fortalecimento das Forças Armadas e sua
atuação na política brasileira do século XX.

2 O primeiro governo Vargas
O início da “Era Vargas” tem como marco a ascensão de Getúlio Vargas como chefe
do governo provisório, em 1930. Iniciada com um golpe promovido por setores oligárquicos
opositores ao blocoque vinha governando a Primeira República, o novo governo encontrou
numerosas dificuldades. Surgido a partir de um golpe, sua sustentação estava diretamente
*

Discente do Curso Técnico em Administração do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC), campus Gaspar.
Bolsista de iniciação científica no projeto “Planejamento estatal e desenvolvimento ec onômico em Santa
Catarina (1964-74)”,coordenado por Michel Goulart da Silva e financiado pelo campus Gaspar do IFSC, por
meio do Programa Institucional de Incentivo à Produção Científica e Inovação Tecnológica (PIPCIT).

# Tear: Revista de Educação Ciência e Tecnologia, Canoas, v.1, n.2, 2012.

1

associada a alguns setores das Forças Armadas, que se encontravam divididas por crises
político-ideológicas internas. Por meio dessastensões, que vinham ocorrendo desde as
décadas anteriores, conhecendo revoltas como a tenentista (1922), pode -se identificar uma
intensa atuação de diferentes forças políticas entre os militares, dificultando a construção de
um consenso desejado por Getúlio Vargas.
Neste cenário conturbado, Vargas procurou acabar com a política dentro das forças
armadas, principalmente no Exército,depurando-as de setores que a seu ver poderiam ser uma
ameaça a seu poder. Para Góis Monteira, aliado de Getúlio Vargas e principal liderança militar
do período, a principal tarefa seria

fortalecer o Exército a ponto de torná-lo capaz de agir com independência, inclusive em
relação a Vargas. Por isso, tornava -se necessário suprimir a infinidade de conflitos que
minavam a organização militar. Segundosua famosa expressão, era preciso acabar com a
política no Exército para se poder fazer a política do Exército (CARVALHO, 1999, p. 59).

Com a depuração promovida por Getúlio Vargas e seus aliados militares, as forças
armadas se transformaram em ator político homogêneo e aliado do governo, evitando, ainda
que por um breve período, ameaças de desestabilização. Para isso, por um lado,...
tracking img