Dadaismo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (855 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
DADAÍSMO
_________________________
Estudos Literários
"Que cada homem grite: há um grande trabalho destrutivo, negativo, a executar. Varrer, limpar. A propriedade do indivíduo se afirma após oestado de loucura, de loucura agressiva, completa. De um mundo abandonado entre as mãos dos bandidos que rasgam e destroem os séculos." (Tristan Tzara)
Em plena Primeira Guerra Mundial, váriosmovimentos de vanguarda eclodiram na Europa, como o Futurismo, o Expressionismo, o Cubismo, o Dadaísmo e o Surrealismo (um pouco depois). Todos estes movimentos tinham um denominador comum: desacreditar aliteratura e as artes, que estavam estagnadas e passivas nas mãos dos burgueses que haviam iniciado a guerra. De todos esses, o Dadaísmo (movimento de artistas plásticos e poetas), foi o mais radical edemolidor. Propunha-se desmantelar todos os valores artísticos consagrados, fossem quais fossem; não para construir algo em seu lugar, algo julgado melhor ou utopicamente desejável, mas pelo simplesfato de pôr abaixo as instituições estabelecidas, as correntes estéticas da moda. Os dadás entendiam que, enquanto a Europa se banhava em sangue, o cultivo da arte não passava de hipocrisia e presunção.Por isso, era necessário ridicularizá-la, agredi-la. Daí provém a irreverência, o deboche, a agressividade e o ilogismo dos textos. Os poetas dadaístas destruíram a rima, o ritmo e principalmente osignificado lógico.
Durante a Primeira Guerra Mundial a Suíça se mantinha neutra. Nela se refugiam artistas e intelectuais de todos os pontos da Europa, abrigando-se em Zurique. Alguns desses foragidosda guerra se reuniam no Cabaret Voltaire, ponto de encontro e espaço cultural, onde a oito de fevereiro de 1916, o romeno Tristan Tzara e os alemães Hugo Ball e Richard Huelsembeck lançam, com omanifesto de Tzara, o movimento Dadaísta: "[...] um desejo de independência, de desconfiança para a comunidade. Os que estão conosco guardam a sua liberdade. Não reconhecemos nenhuma teoria. Basta de...
tracking img