Cut - central unica dos trabalhadores

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (738 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
A CUT - Central Única dos Trabalhadores – foi fundada em 28 de agosto de 1983, na cidade de São Bernardo do Campo, em São Paulo, durante o 1º Congresso Nacional da Classe Trabalhadora (CONCLAT).
OBrasil por mais de 20 anos ficou sob o regime militar que, caracterizado pela falta de democracia impunha suas regras a toda a sociedade impedindo que a mesma pudesse manifestar suas opiniões. Nofinal dos anos 70 e inicio de 80 inicia-se nos país um processo de reestruturação da sociedade, neste mesmo período registra-se um enfraquecimento da ditadura, aonde os inúmeros setores da sociedadecomeçam a ter “voz”, iniciando-se desta forma um processo de redemocratização. Surge o chamado novo sindicalismo, resultado da luta de décadas dos trabalhadores.
A CUT é a maior central sindical daAmérica Latina e a 5.ª maior do mundo, estando presente em todos os ramos de atividade econômica.
Segundo os dados de março de 2004 somava: 3326 - Entidades Filiadas 7.468.855 - Trabalhadoras eTrabalhadores Associados 22.487.987 - Trabalhadoras e Trabalhadores na Base.
Atualmente a CUT lidera um movimento que tem por finalidade defender o fim do imposto sindical, ou seja, o desconto de um diados salários de trabalhadores e trabalhadoras para os sindicatos espalhados pelo país , que, muitas vezes funcionam apenas com o objetivo de arrecadar renda sem nenhuma responsabilidade social,politica e econômica.
A maior referência do sindicalismo "autêntico" é, sem dúvida, o Sindicato dos Metalúrgicos de São Bernardo do Campo, e Luis Inácio da Silva, o "Lula", seu mais influente expoente. Apartir dele, diversos outros sindicalistas assumiram uma postura mais combativa e reivindicativa que, se não negava toda a estrutura sindical oficial, pleiteavam uma significativa mudança internanesta estrutura. A origem desse "novo sindicalismo" remonta a 1969, quando alguns diretores "independentes" na direção do sindicato introduzem novas reivindicações e adotam uma postura mais combativa....
tracking img