Custos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 15 (3685 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Questões


1. Qual o critério que deve prevalecer na definição de curto prazo dos balanços: exercício social ou ciclo operacional da empresa? Explique sua resposta.
Resposta: Para efeito de identificação de curto e longo prazo, a legislação baseou-se no exercício social da empresa.
Explicação: Todos os direitos vencíveis no exercício seguinte ao encerramento do balançoserão classificados como curto prazo. Entretanto, se o ciclo operacional da empresa apresentar duração superior a seu exercício social, a conceituação de curto prazo e longo prazo obedecerá ao prazo de duração desse ciclo.


2. Explique como é formada e qual a finalidade da provisão para devedores duvidosos.
Resposta: A Provisão para Devedores Duvidosos é um percentual representativode possíveis perdas com o não recebimento de duplicatas. A intuição e a experiência comercial são usadas para estimar que certa quantia das vendas a prazo não será saldada, por real impossibilidade dos clientes. Essa quantia, que deverá ser fixada pela direção da empresa, aparecerá no “ativo realizável” com a denominação “provisão para devedores duvidosos”, subtraindo o valor de “Duplicatas aReceber”.
No passado, grande número de empresas preferia adotar o limite fiscal para a constituição dessa provisão. Nem sempre o valor fixado pelo fisco, era suficiente para cobrir as perdas na cobrança de valores a receber, podendo essa diferença distorcer os resultados apurados em certo exercício social. Atualmente, o fisco considera como perda o que efetivamente ocorreu de nãorecebimento do período.


3. Para efeitos de análise de balanços, você considera adequado classificar duplicatas descontadas como passivo circulante? Explique.
Resposta: Sim. É adequado porque essas duplicatas descontadas representam obrigação financeira da empresa.


4. Como são classificados os ativos de uma empresa de acordo com a nova Lei das Sociedades por Ações?
Resposta:De acordo com a nova Lei das Sociedades por Ações, os ativos são classificados em: Ativo Circulante e Ativo Não Circulante. O Ativo Não Circulante é dividido em: Realizável a Longo Prazo, Investimentos, Imobilizado e Intangível.


5. Como é formado o novo grupo “Ativo Intangível”? Dê exemplos de bens que formam este grupo.
Resposta: O Ativo Intangível compõe-se de bens de propriedadeindustrial ou comercial legalmente conferidos à empresa, originando-se disto seu valor, e não da propriedade física dos mesmos. Como exemplos de bens permanentes intangíveis podem ser citados: direitos autorais, patentes, marcas, fundo de comércio (adquirido).




6. Como são avaliados os ativos de uma empresa de acordo com a Lei nº 11.638/07?
Resposta: Os ativos de uma empresa deacordo com a Lei nº 11.638/2007, são avaliados desde que relevantes, pelo seu valor de mercado ou valor equivalente.


7. O que é Impairment de Ativos?
Resposta: Impairment (ou deterioração) significa a redução do valor recuperável de um bem do ativo. O objetivo da aplicação deste instrumento é o de ajustar o valor contábil do ativo ao seu valor econômico.
A denominadaperda impairment ocorre quando o valor contábil do ativo for maior que o seu valor recuperável. O ativo encontra-se depreciado no mercado e a Contabilidade deve reconhecer esta perda diretamente em seus resultados do exercício.
O teste de impairment é aplicado em imobilizado, realizável a longo prazo e outros bens permanentes. Estes ativos não se destinam a venda, e têm por objetivo ageração de benefícios futuros à empresa.
O conceito básico embutido no impairment é que o valor de um ativo deve ser reconhecido pela contabilidade até o limite de seu valor econômico.


8. Como são contabilizadas as operações de leasing? Explique a diferença entre leasing operacional e leasing financeiro.
Resposta: As operações de arrendamento mercantil (leasing...
tracking img